Peixe Mandarim

Peixe Mandarim tem uma linda coloração azul

O peixe mandarim é encontrado em grande parte do oeste do Pacífico, incluindo as Filipinas, Indonésia, Hong Kong, Austrália e Nova Guiné.

Peixe mandarim são tropicais , peixes marinhos encontrados em águas com uma faixa de temperatura entre 24 a 26 º C. Eles fazem sua casas em profundidade de até 18 m em recifes de corais. Durante a desova são pelágicos e podem ser vistos no mar aberto. É difícil manter o peixe mandarim em aquário por causa de suas necessidades dietéticas.

Peixe mandarim são distintos devido à sua forma inusitada e intensa coloração. Eles têm uma cabeça larga, e são principalmente azul com linhas onduladas laranja, vermelho e amarelo. Eles são pequenos, atingindo o comprimento máximo de 6 cm. Os machos são notadamente maiores que as fêmeas. O mandarim não tem escamas, seu corpo é coberto por um muco espesso que tem um cheiro desagradável.

A desova ocorre em áreas do recife, onde pequenos grupos de macho e fêmeas se reúnem durante a noite. Cada fêmea gera apenas uma vez a cada noite e pode não desovar por alguns dias. Uma vez que existem poucas fêmeas ativas, há muita concorrência. Os machos maiores e mais fortes tendem a acasalar com mais frequência , porque parece haver uma preferência sexual pelas fêmeas por machos maiores.

Peixe mandarim que vice livre podem viver entre 10 a 15 anos. Em aquários, no entanto, o tempo de vida é muito reduzido devido a requisitos dietéticos . Em média, o peixe mandarim vive entre 2 a 4 anos em cativeiro.

Os Peixes mandarim são lentos, tímido, e na maior parte passivos. Eles são encontrados geralmente em grupos ou em pares nos recifes. Dentro de aquários, eles são bastante intolerantes com membros da mesma espécie. Dois machos não vão sobreviver juntos em um aquário devido ao seu comportamento agressivo.

O Peixe mandarim secreta muco, que tem um cheiro desagradável e um sabor amargo. Eles também têm uma camada de células saciforme na pele, que produzem e libertam substâncias com algumas toxinas. Esta secreção é utilizada como um repelente para predadores.

Estes peixes se alimentam de pequenos crustáceos, como anfípodes e isópodes, pequenos vermes e protozoários. Grande parte de sua ingestão de alimentos é encontrada vivendo nos recifes e outra rochas vivas. Se houver uma quantidade substancial de rochas vivas, o Mandarim não precisa de qualquer outra fonte externa para se alimentar. Em aquários, o peixe normalmente não come alimentos preparados, por isso torna-se difícil mantê-los.

As cores vibrantes do peixe mandarim torna-os um peixe muito valioso para o comércio de peixes ornamentais. Estes peixes também são usados como alimento em muitos países asiáticos.

Peixe Mandarim 3

Peixe Mandarim 2

Peixe Mandarim




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *