Fin Rot 101: Dicas de Tratamento e Prevenção

A necrose das barbatanas é uma doença séria que todos os aquaristas precisam estar cientes. Se deixada sem tratamento, ela causará estragos em qualquer aquário afetado.

Mas muitos donos de peixes não sabem quase nada sobre isso!

Na verdade, eu diria que a maioria dos donos só começa a aprender sobre a necrose das barbatanas depois que percebem que ela está afetando seus peixes (e não antes).

Então nossa missão é mudar isso. Este guia cobre tudo o que você precisa saber sobre a necrose das barbatanas, para que você não só possa tratá-la, mas também preveni-la de acontecer desde o início.

Tabela de conteúdos

O que é?

A necrose das barbatanas é uma doença comum que pode afetar todas as espécies de peixes de água doce. Como o próprio nome sugere, essa doença ataca as barbatanas e caudas dos seus peixes.

Ela é mais frequentemente associada a peixes que têm barbatanas longas e esvoaçantes, como os Goldfish Ornamentais (outros tipos também) e Bettas.

No entanto, a doença não faz distinção. Os sintomas são mais identificáveis em peixes de barbatanas longas, mas a necrose das barbatanas é igualmente nociva para espécies de barbatanas curtas ou transparentes.

Um betta com necrose das barbatanas

Quando os peixes sofrem de necrose das barbatanas, a carne de suas barbatanas começa a se desintegrar e cair lentamente. As barbatanas podem parecer esfarrapadas e descoloridas. Eventualmente, a doença se espalhará até a base da cauda e começará a afetar o corpo.

Nota do Autor: Existem muitas maneiras pelas quais a doença pode afetar os peixes. No entanto, em sua essência, é uma infecção bacteriana.

No início, pode parecer nada além de uma questão cosmética. Mas a doença tem o potencial de ser fatal se não for tratada! Além disso, a necrose das barbatanas pode levar a outras infecções, problemas fúngicos e uma série de outros problemas de saúde.

Os Peixes Betta Dormem? A Resposta VerdadeiraOs Peixes Betta Dormem? A Resposta Verdadeira

Se você suspeitar que seu peixe tem necrose das barbatanas, é importante agir o mais rápido possível!

A necrose das barbatanas é contagiosa?

Como muitas outras doenças de peixes de água doce, a necrose das barbatanas é contagiosa. A doença é causada por bactérias gram-negativas.

Este tipo de bactéria é bastante perigoso porque a membrana externa está escondida por uma camada de muco. Assim, as bactérias são fortes e fáceis de se espalhar.

Outros peixes no seu aquário podem "pegar" a doença através de contato físico com o peixe infectado.

Para tornar as coisas ainda mais desafiadoras, a natureza do seu aquário é perfeita para espalhar o contágio. Não importa o quão grande seja o seu aquário, ele ainda é um ambiente fechado. As bactérias podem infectar a água e passar pelo seu sistema de filtragem.

Isso faz com que as bactérias se espalhem rápido e infectem outros peixes.

Causas comuns

Existem algumas causas para a necrose das barbatanas, mas a mais comum são as condições precárias da água. Os peixes produzem resíduos continuamente, o que eleva os níveis de nitrito e amônia em todo o tanque.

Isso vai azedando a água lentamente, permitindo que os níveis de pH aumentem e que bactérias prosperem.

Nota do Autor: Isso é especialmente verdadeiro em aquários com muitos materiais em decomposição. Seja comida que sobrou ou plantas morrendo, esses materiais podem fazer a qualidade da água despencar rapidamente!

Quando isso acontece, bactérias nocivas podem começar a atacar seus peixes. As espécies bacterianas mais comuns que causam a necrose das barbatanas são Aeromonas, Pseudomonas e Vibrio. As três espécies bacterianas são gram-negativas, o que ajuda a doença a se espalhar.

Longevidade dos Goldfish: 5 Dicas para Ampliar sua VidaLongevidade dos Goldfish: 5 Dicas para Ampliar sua Vida

O estresse é outra grande causa da necrose das barbatanas. Na verdade, estresse e condições precárias da água andam de mãos dadas. Os peixes ficam cada vez mais estressados à medida que a qualidade da água piora. No entanto, a doença pode se instalar mesmo com outros problemas que induzem estresse também.

A necrose das barbatanas também é conhecida por afetar peixes em aquários comunitários superlotados ou ambientes estressantes. Manuseio excessivo e mudanças frequentes também podem levar a níveis de estresse aumentados. Alguns peixes também podem sofrer de necrose das barbatanas se o ambiente tiver temperaturas muito baixas para eles!

Finalmente, os peixes podem sofrer de necrose das barbatanas após sofrerem danos físicos.

O ataque às barbatanas é uma forma bastante comum de agressão que muitas espécies de peixes são conhecidas por fazer. Aquelas barbatanas longas e esvoaçantes os tornam alvos para outros peixes!

Na maior parte das vezes, o ataque às barbatanas não passa de um incômodo periódico. Mas quando o tanque é pequeno e o peixe vulnerável está em menor número, pode se tornar um problema sério. O ataque às barbatanas leva a danos físicos nas barbatanas. Por sua vez, as bactérias podem se instalar e piorar o problema ao longo do tempo.

Sintomas

Os sintomas da necrose das barbatanas são muito fáceis de identificar, mas a natureza da doença significa que ela piora progressivamente ao longo do tempo. Seu peixe poderia sofrer da doença por vários dias antes que você comece a notar sintomas principais.

Nos estágios iniciais da doença, você pode notar uma borda branca sutil ou semitransparente nas barbatanas. Embora esse sintoma seja mais aparente na barbatana caudal, a doença pode afetar todas as barbatanas. Essa borda branca é sutil. Dependendo da aparência do seu peixe, ela pode se confundir com a cor natural.

À medida que a doença progride, essa borda branca ficará mais e mais espessa. A área afetada pode assumir uma cor mais sinistra. A infecção poderia permanecer branca, mas também poderia ficar cinza, preta ou até marrom.

Eventualmente, as barbatanas começarão a se desfazer. Isso cria uma aparência esfiapada e desigual. Grandes pedaços de carne simplesmente se soltam, encurtando drasticamente a cauda.

Nota do Autor: Em casos graves de necrose das barbatanas, seu peixe pode ter uma infecção secundária nas bordas esfarrapadas. Infecções por Columnaris, também conhecida como algodão, são bastante comuns e afetam peixes no meio de uma infecção por necrose das barbatanas. É um problema fúngico que faz a carne parecer inchada e deformada.

Bloodworms 101: Guia sobre Variedades e UsosBloodworms 101: Guia sobre Variedades e Usos

Se a necrose das barbatanas for deixada para atacar seu peixe por muito tempo, a doença pode levar toda a barbatana do peixe. Nesse ponto, a infecção começará a atacar o corpo e a base da barbatana pode ficar inflamada.

Além de todos esses sintomas físicos, você também pode notar algumas mudanças comportamentais no seu peixe.

A doença se torna um fardo para o peixe porque seu corpo está trabalhando excessivamente para combater a infecção. Como resultado, os peixes frequentemente ficam letárgicos e fracos.

Eles podem evitar outros peixes e passar a maior parte do tempo descansando no fundo do tanque (mesmo que não sejam peixes de fundo). A maioria dos peixes também perde o apetite e começa a evitar a comida.

Tratamentos para a necrose das barbatanas

A necrose das barbatanas afeta o corpo lentamente e piora progressivamente ao longo do tempo. Pense no dano progressivo às barbatanas do seu peixe como um cronômetro!

Isso significa que quanto mais rápido você tratar o problema, melhor. Abordar a doença rapidamente reduzirá a gravidade dos sintomas e fará o impacto geral no corpo do seu peixe ser menos sério.

A boa notícia é que a doença é relativamente fácil de tratar. Existem vários medicamentos de venda livre que você pode usar.

Esses tratamentos são muito eficazes. Mas você também precisará fazer muito mais do que apenas medicar seu peixe para realmente se livrar das bactérias que causam a doença. Aqui estão algumas maneiras de tratar a necrose das barbatanas.

1. Coloque o peixe infectado em quarentena

A primeira coisa que você precisa fazer é remover o peixe infectado do tanque comunitário. Lembre-se, a necrose das barbatanas é uma doença contagiosa.

Remover o peixe afetado reduzirá a propagação das bactérias. Além disso, permitirá que você trate o peixe sem causar danos a outros no tanque comunitário.

Monte um tanque de quarentena separado com tamanho adequado para o seu peixe. Certifique-se de ajustar os parâmetros da água corretamente antes de introduzir seu peixe no novo ambiente. Seja gentil ao movê-los! O último coisa que você quer fazer é causar mais danos às barbatanas.

2. Analise a qualidade da água

Depois que o peixe infectado estiver seguro em quarentena, reserve um tempo para entender melhor por que a doença se instalou em primeiro lugar. O primeiro lugar a se olhar deve ser as condições da água.

Você pode comprar kits de teste de água na maioria das lojas de animais. Use-os para analisar os níveis de pH e possíveis contaminantes. Seu teste deve ser capaz de lhe fornecer mais informações sobre os níveis de amônia e nitrato. Ao mesmo tempo, use um termômetro para verificar a temperatura.

Todas essas informações ajudarão a evitar a necrose das barbatanas no futuro. Também ajudará a fazer as mudanças necessárias agora para evitar que outros peixes no tanque contraiam a necrose das barbatanas também.

3. Limpe o tanque e faça as mudanças necessárias

Você ficaria surpreso com a quantidade que uma limpeza profunda do seu tanque pode ajudar. Limpar o aquário pode não tratar infecções existentes de necrose das barbatanas. Mas pode prevenir a propagação das bactérias.

Remova qualquer comida velha ou matéria vegetal em decomposição. Em seguida, use um aspirador de substrato para se livrar de qualquer resíduo.

Se o seu aquário estiver em péssimo estado, talvez você queira desmontar e desinfetar tudo. Seguir esse caminho permite remover a sujeira de todas as superfícies e eliminar as bactérias de uma vez por todas.

Seja lá o que fizer, certifique-se de estar criando condições de água estáveis para seus peixes.

4. Use antibióticos e medicamentos

Existem muitos medicamentos diferentes disponíveis para tratar a necrose das barbatanas. Se você for ao seu veterinário, ele provavelmente receitará um antibiótico poderoso para resolver o problema. Um antibiótico prescrito geralmente funciona mais rápido. Também pode ser mais eficaz porque o seu veterinário pode prescrever o antibiótico certo para o seu peixe.

Como alternativa, você pode usar medicamentos de venda livre. A eritromicina é uma opção de tratamento popular pela qual muitos aquaristas juram. A eritromicina é um antibiótico que trata uma ampla gama de infecções.

No comércio de peixes, o antibiótico é comercializado como um tratamento de amplo espectro que pode combater todos os tipos de doenças. Isso inclui a necrose das barbatanas! Normalmente, vem em forma de pó. Basta seguir as instruções da embalagem para fornecer a dosagem apropriada para o seu peixe.

Se o seu peixe estiver sofrendo de uma infecção fúngica secundária, você também pode usar medicamentos como azul de metileno.

Nota do Autor: Por precaução, recomendamos remover o filtro de carvão quando usar medicamentos. O filtro de carvão poderia remover parte do medicamento da água, o que não é desejável.

5. Monitorar seu peixe

Mantenha um olhar atento sobre seu peixe durante o processo de tratamento. Medicamentos às vezes podem ter efeitos colaterais indesejados. Os peixes absorvem esses medicamentos pelas brânquias imediatamente, então eles estão constantemente expostos a eles.

Se você notar quaisquer efeitos colaterais, pare o tratamento imediatamente para evitar mais danos.

A boa notícia é que a maioria dos peixes irá lidar com os medicamentos sem problemas. Monitore seu peixe para garantir que a propagação da doença pare.

Você saberá que isso está acontecendo quando as bordas esfarrapadas e descoloração pararem de piorar. O crescimento novo também começará a ocorrer. Em algumas semanas, as barbatanas do seu peixe devem crescer totalmente de volta.

Dicas para prevenção

A necrose das barbatanas pode ter um grande impacto na saúde, aparência e bem-estar geral do seu peixe. Embora seja uma doença bastante comum, também acontece de ser uma doença prevenível.

Um peixe de água doce que se recuperou de necrose das barbatanas

A melhor maneira de prevenir problemas de necrose das barbatanas no futuro é simplesmente ficar em cima da manutenção do tanque. Adote um cronograma de limpeza regular que inclua a remoção de sujeira e o ajuste dos níveis de água.

A cada duas semanas, considere substituir cerca de 25 por cento da água. Isso pode evitar que os níveis de amônia e nitrato saiam do controle. Toda semana, use seu confiável kit de teste para garantir que os níveis de pH, dureza e temperatura sejam adequados para os seus peixes.

Outra coisa que você pode fazer é realizar mudanças em como o seu tanque está configurado. Evite superlotamento e tente limitar a quantidade de comida que está fornecendo. Se possível, remova alguns peixes para dar mais espaço para a comunidade nadar.

Você também pode tentar investir em um tanque maior. Mais espaço é sempre bem-vindo. Isso dá a cada peixe mais espaço, o que reduz o comportamento agressivo.

Quanto à alimentação, forneça apenas comida suficiente para que seus peixes possam comer em alguns minutos (ou conforme ditado por guias de cuidados específicos). Remova quaisquer pedaços soltos depois disso. Isso manterá o tanque em melhor estado por muito mais tempo.

Se a necrose das barbatanas foi causada por agressores que atacam as barbatanas, remova-os do tanque comunitário. Essa mudança deve ser permanente, então reserve um tempo para configurar um ambiente adequado para o peixe.

Nota do Autor: Como regra geral, você nunca deve manter espécies de peixes conhecidas por morder barbatanas com peixes de movimento lento. Muitas vezes, peixes com barbatanas grandes e esvoaçantes não têm a força ou velocidade para escapar desses peixes. Portanto, eles sempre serão alvos.

Para manter a paz e evitar problemas como necrose das barbatanas no futuro, é melhor manter esses peixes separados.

Hora de trabalhar!

Agora que você está familiarizado com todos os aspectos da necrose das barbatanas, é hora de começar a proteger seus peixes.

Na verdade, não é tão difícil tratar ou prevenir a necrose das barbatanas. Tudo o que é necessário é o conhecimento certo e um pouco de comprometimento.

Esperamos que você tenha achado esse guia útil. Como sempre, sinta-se à vontade para entrar em contato com qualquer dúvida!

Ana Santos

Ana cultivou um fascínio por aquariofilia desde pequena. Com um olhar atento e uma paixão por peixes, ela criou seu próprio santuário aquático em casa. Hoje, Ana é uma referência na comunidade de aquariofilia brasileira, compartilhando seu conhecimento e promovendo a preservação dos ecossistemas aquáticos através de workshops e palestras. Com dedicação e amor, Ana transformou sua paixão em uma jornada de aprendizado e descobertas constantes no mundo subaquático.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações