11 Melhores Peixes para Lagoa: Uma Variedade Espetacular

Escolher os melhores peixes para um lago não é tão fácil quanto parece. Existem muitos tipos e espécies que tecnicamente podem funcionar em um lago externo, mas eles realmente não prosperarão.

Para simplificar o processo, montamos esta lista com os melhores peixes para lagos. Basta dar uma olhada, escolher seus favoritos e seguir em frente!

Tabela de conteúdos

1. Peixe Dourado

Acredite ou não, uma das espécies de peixes de estimação mais icônicas do mundo também prospera em lagos. Os peixes dourados são fantásticos para lagos, não exigindo águas muito quentes como as espécies tropicais. Eles se adaptam bem a condições um pouco mais frias, tornando-os a escolha ideal para lagos externos.

Um peixe dourado em um grande lago limpo

Os peixes dourados têm uma longa história de cruzamentos. Como resultado, existem muitas variedades únicas disponíveis. A maioria é dividida em duas categorias: peixes dourados de cauda única e peixes dourados ornamentais.

As variantes de cauda única são as mais comuns. Essa categoria inclui o comum, cometa, shubunkin e mais. Eles têm o formato corporal padrão que se assemelha muito ao de uma carpa. Mas é claro, a assinatura coloração dourada está em plena força!

Os peixes dourados ornamentais têm muito mais a exibir. Muitos peixes nessa categoria ostentam uma barbatana dupla e um corpo bulboso. Embora não sejam os nadadores mais poderosos do mundo, os peixes dourados ornamentais são uma visão deslumbrante. Em um lago, suas características únicas se destacam ainda mais.

2. Peixe Mosquito

O peixe mosquito é um peixe pequeno e discreto que você não vê com tanta frequência no comércio de aquariofilia. Mas na comunidade de lagos, eles são bastante comuns.

Peixe mosquito em um lago profundo

Esses peixes atingem apenas cerca de 5 cm de comprimento. Seu corpo em forma de torpedo e barbatanas semitransparentes os tornam bastante ágeis na água. Enquanto isso, a coloração acinzentada ou marrom opaca os permite se camuflar facilmente.

A maioria dos proprietários de lago não adiciona esses peixes à comunidade por sua aparência. Em vez disso, a maioria os escolhe por sua utilidade. O peixe mosquito pode consumir enormes quantidades de larvas de mosquito 24 horas por dia.

Esses insetos voadores colocam ovos na água. Como resultado, lagos nos quintais tendem a se tornar um ímã gigantesco para larvas aquáticas. O peixe mosquito faz sua parte para manter os problemas com insetos sob controle.

Os 20 Melhores Comedores de Algas para Seu Aquário de Água DoceOs 20 Melhores Comedores de Algas para Seu Aquário de Água Doce

Este peixe de lago também é muito adaptável. Eles prosperam na maioria dos ambientes de lago padrão. Em flutuações extremas de parâmetros, o peixe mosquito é resiliente o suficiente para aguentar até que as coisas se estabilizem.

3. Loach de Lago

Também conhecido como dojo loach, o loach de lago são habitantes do fundo excêntricos que mantêm o substrato limpo. Em aquários, o loach de lago atinge apenas cerca de 15 cm de comprimento. No entanto, eles são capazes de ficar ainda maiores em lagos espaçosos.

Um loach de lago nadando sozinho

Como muitos outros loaches, essa espécie é frequentemente confundida com uma enguia. Tem um corpo esguio com pequenas barbatanas que podem ser difíceis de ver em águas turvas. O peixe também tem um focinho pontiagudo com uma boca virada para baixo, o que ajuda na busca por alimento e escavação.

Esses recursos, junto com os barbilhões sensoriais ao redor da boca, tornam os loaches de lago exímios catadores. Isso os torna um dos melhores peixes para lagos em termos de capacidade de prosperar.

Em relação à coloração, há muita variedade com essa espécie. A maioria assume uma tonalidade neutra de verde oliva, cinza ou marrom claro. Detalhes sutis, como manchas escuras e uma barriga mais clara, adicionam alguma dimensão ao corpo do peixe sem comprometer a capacidade de permanecer escondido.

4. Peixe Guppy

Provavelmente a espécie ovovivípara mais famosa, o peixe guppy é uma excelente escolha para lagos menores. Essa espécie não tem problemas para se reproduzir em cativeiro. Com um pouco de planejamento cuidadoso, você pode ter uma população de guppies florescente para adicionar vida ao seu lago.

Os guppies são pequenos, medindo apenas cerca de 5 cm de comprimento. As fêmeas tendem a ser um pouco maiores que os machos. No entanto, os machos são os mais procurados.

Isso porque os machos têm uma nadadeira caudal chamativa, repleta de cor e padrões intrincados. Tem formato de leque e é consideravelmente maior que o restante das nadadeiras, tornando-se um recurso de destaque. As fêmeas também podem ter uma nadadeira caudal bonita. No entanto, seu tamanho maior torna um pouco menos impressionante do que o que você vê nos machos.

Favorito entre os criadores, o peixe guppy está disponível em uma ampla gama de cores e padrões. Alguns tipos populares incluem cobra, smoking, orelha de elefante e pele de cobra.

5. Koi

O koi é o peixe de lago quintessencial. Uma variedade de carpa, o koi é um produto de reprodução seletiva no Japão. Esses peixes desempenham um papel importante na cultura japonesa e centenas de anos de reprodução resultaram em espécimes magníficos.

Top 10 Cirurgiões ou Tangs: Os Mais PopularesTop 10 Cirurgiões ou Tangs: Os Mais Populares
Muitos peixes koi em um grande lago

Enquanto muitos comparam o koi ao peixe dourado, esses habitantes de lagos são capazes de ficar muito maiores. Em ambientes bem mantidos, o koi pode atingir mais de 60 cm de comprimento! Eles também têm uma longa expectativa de vida de mais de 20 anos.

Cuidar de koi é um grande compromisso, mas a beleza natural que eles proporcionam vale muito a pena o esforço. Disponível em muitas cores, esses peixes se destacam em quase qualquer tipo de decoração de lago.

Além disso, eles são relativamente resistentes uma vez que se acostumam ao lago. Desde que as condições sejam estáveis e eles tenham uma dieta de alta qualidade que atenda às suas necessidades onívoras, o koi não tem problemas para permanecer feliz e saudável.

6. Cabeçudo

Brilhante e cheio de cor, o cabeçudo oferece um bom contraste com a decoração natural de um lago. Esses peixes geralmente são cobertos por uma tonalidade sólida de laranja-rosado. Os tons rosados deram à espécie seu outro nome comum: vermelho-rosado.

Os cabeçudos são pequenos, medindo apenas 5 a 7 cm de comprimento. Têm um corpo fino em forma de torpedo que os ajuda a cortar a água do lago em alta velocidade. As barbatanas são translúcidas e aerodinâmicas, fazendo com que esses peixes pareçam pequenas explosões de cor enquanto brincam.

Em termos de resistência, os cabeçudos são duros na queda! Eles podem suportar uma extensa gama de parâmetros. Essa espécie é bastante adaptável, o que a torna uma ótima escolha para lagos.

Claro, é importante manter as condições o mais estável possível. A consistência é fundamental para evitar estresse desnecessário. Embora possam suportar a maioria das temperaturas, mudanças bruscas para qualquer lado devem ser evitadas.

7. Comedor de Algas Siamês

Originário do Sudeste Asiático, o comedor de algas siamês pode se tornar parte da equipe de limpeza do seu lago. Como o nome indica, esses peixes se alimentam de algas. Embora algumas algas no seu lago sejam benéficas, os comedores de algas evitam o crescimento excessivo e as más condições da água.

A espécie de peixe comedor de algas siamês para lago

Os comedores de algas siameses podem nadar por todo o lago. No entanto, eles gostam de ficar perto do substrato, onde as algas são mais prevalentes.

Curiosamente, esses peixes não têm o corpo achatado característico que outras espécies comedoras de algas têm. Em vez disso, eles têm um perfil longo e esguio que é perfeito para nadar em qualquer parte da coluna de água. A única característica definidora para ditar sua preferência por habitar o fundo é a boca virada para baixo!

Os 15 Melhores Tipos de Bagres para Aquários de Água DoceOs 15 Melhores Tipos de Bagres para Aquários de Água Doce

Quando se trata de cor, os comedores de algas siameses são bem discretos. Eles são predominantemente marrons ou beges. No entanto, uma proeminente listra lateral percorre da ponta do focinho até a bifurcação caudal e cauda. Ela fornece um belo contraste que ajuda a destacá-los.

8. Peixe Molly

O peixe molly é uma espécie de aquário sempre popular. Mas, como seu outro famoso primo vivíparo, os mollys na verdade se saem muito bem como peixes para lagos externos.

Um peixe molly amarelo

Existem cerca de 39 espécies diferentes de molly. Cada uma tem suas próprias características e peculiaridades únicas.

Algumas das variedades mais populares incluem o molly preto, dálmata, balão e lyretail. Apesar das diferenças, essas variantes têm um perfil e formato corporal semelhantes.

Os mollies têm um corpo achatado com uma cabeça triangular. Eles são mais largos e altos na parte central. Na frente, o corpo se estreita até terminar em ponta no focinho. Na parte de trás, ele se estreita até uma larga bifurcação caudal e uma cauda em forma de leque.

Você não precisa ser um aquarista experiente para manter os mollies saudáveis. Resistentes e fáceis de agradar, eles se saem bem na maioria dos ambientes. Além disso, são peixes dóceis, que podem se dar bem com outros peixes tranquilos de lago.

9. Tubarão de Banda Barbuda Chinês

Apesar de seu nome chamativo, os tubarões de banda barbuda chineses não são tubarões de verdade. Eles pertencem a uma família especial de peixes que apenas se assemelham ao temido animal marinho. Dóceis e tranquilos, esses peixes são ótimos para lagos comunitários.

Um tubarão de banda barbuda chinês se alimentando no fundo

No entanto, o tubarão de banda barbuda chinês precisa de muito espaço para permanecer saudável. Essa espécie é mais frequentemente vendida nas lojas quando jovem. Eles têm apenas alguns centímetros de comprimento e têm uma aparência marcante que os torna muito cobiçados entre os aquaristas.

Embora gerenciáveis quando jovens, esses peixes crescem e ficam com aparência muito diferente. As listras verticais características que eles têm quando jovens desaparecem para revelar uma cor sólida vermelha ou roxa. O corpo também se alonga, fazendo com que pareçam cada vez menos tubarões à medida que envelhecem.

O aspecto mais desafiador, no entanto, é o tamanho. Os adultos atingem regularmente 60 cm de comprimento. Mas em lagos maiores, eles podem chegar a mais de 1 metro!

10. Ouro Branco

O ouro branco é um lindo peixe de lago que pode crescer até 90 cm nas condições adequadas. Embora não tão difundido quanto o koi, o ouro branco pode ser tão deslumbrante.

Esses peixes são mais conhecidos por sua coloração brilhante laranja ou dourada. Alguns peixes têm manchas pretas na cabeça e no pescoço. Outros têm alguns tons de rosado nas barbatanas e na cauda.

O ouro branco é ativo e muito sociável. Eles devem permanecer em grupos de pelo menos três peixes. Caso contrário, tendem a ficar infelizes e doentes. Em um bom ambiente com muitos companheiros de cardume, o ouro branco pode viver bem mais de 20 anos!

Tolerantes a flutuações de temperatura, esse peixe se sai bem em lagos externos em climas mais frios. Desde que haja profundidade adequada no lago, o ouro branco pode suportar o inverno sem muitos problemas.

Eles também são bastante resistentes a doenças. O ouro branco parece resistir às doenças e parasitas que assolam outros peixes de lago. No entanto, você deve se preocupar com saltos. Não é incomum que o ouro branco salte para fora do lago e morra!

11. Esturjão

O esturjão é um peixe único que muitos chamam de fóssil vivo. Tem uma aparência pré-histórica que imita a de um tubarão. Uma armadura óssea definida reveste todo o corpo para uma aparência única.

Um grupo de grandes esturjões nadando juntos

Os esturjões são comedores de fundo e têm uma boca voltada para baixo para acomodar seus hábitos alimentares. Embora não imediatamente perceptíveis, eles também têm alguns pequenos barbilhões sensoriais que usam para encontrar alimentos!

Esses peixes preferem ter água fria e rica em oxigênio. Eles são um pouco mais desafiadores de cuidar do que outros peixes de lago. Mas se você acertar tudo direitinho, os esturjões podem viver mais que você! Eles têm uma expectativa de vida de 50 a 100 anos!

Você pode manter esturjões com outros peixes de lago populares, como koi. No entanto, esses peixes podem ter dificuldade em encontrar alimento antes que o koi chegue nele. Por esse motivo, muitos morrem de inanição.

Eles também são conhecidos por ficarem presos em algas e plantas. Os esturjões não conseguem nadar para trás, então ficar presos pode levá-los a se afogar se não conseguirem escapar.

Conclusão

Os melhores peixes para lago são espécies resistentes que podem prosperar em praticamente qualquer condição. E os peixes que incluímos em nossa lista acima definitivamente se encaixam nisso!

Tentamos incluir uma ampla variedade de diferentes tipos para garantir que haja algo para todos. Se você quer uma espécie pequena e de baixa manutenção para lago, ou um peixe grande que requer mais atenção (e espaço), você não deve ter problemas para encontrar um bom ajuste para você.

Se você tiver alguma sugestão de peixe de lago que acha que devemos incluir nesta lista, fique à vontade para nos enviar!

José Ferreira

José, amante de todos os aquários, dedicou sua vida à aquariofilia, criando habitats aquáticos detalhadamente planejados. Um verdadeiro conhecedor de peixes, José se destaca na comunidade aquarista, sendo uma referência no mundo subaquático.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações