Caracol Assassino: Cuidados, Dieta e Expectativa de Vida

Caracóis assassinos são um popular petisco de água doce que muitas pessoas querem possuir. Seus padrões legais e natureza de baixa manutenção os tornam a adição perfeita para muitos tanques!

Eles também são ótimos em se livrar de quaisquer caracóis pragas que possam estar assumindo seu tanque. Basta colocar alguns caracóis assassinos em seu aquário e seu problema está resolvido.

Como somos tão fãs desta espécie, queríamos montar um guia de cuidados dedicado. Eles merecem isso!

Neste guia, você aprenderá tudo o que há para saber sobre os cuidados com o caracol assassino. Dieta, condições do tanque, reprodução e mais. Está tudo aqui.

Tabela de conteúdos

Resumo da espécie

O caracol assassino (Clea helena ou Anentome helena) é uma adição única para tanques de água doce. Enquanto a maioria outras espécies de caracóis são usadas exclusivamente para manter os ecossistemas limpos, esses bichinhos têm uma fama diferente. Eles são carnívoros que gostam de se alimentar de outros caracóis!

Como tal, eles são frequentemente introduzidos em tanques que estão infestados por caracóis pragas. Mesmo uma pequena coleção de caracóis assassinos pode cuidar de uma grande colônia de espécies menores em algumas semanas.

Originalmente encontrado em toda a Ásia do Sudeste, os caracóis assassinos se tornaram muito populares entre os aquaristas. Não apenas servem a um propósito prático em aquários, mas também são muito fáceis de cuidar.

Expectativa de vida

A expectativa de vida média de um caracol assassino é de 2 a 3 anos. Embora esse seja o padrão, alguns entusiastas relataram que esses gastrópodes vivem por mais de 5 anos!

As condições do tanque e a dieta desempenham um papel importante em sua saúde e expectativa de vida geral. Esses caracóis têm uma dieta única que precisa ser cumprida. Caso contrário, eles podem nem chegar à marca de 2 anos.

Aparência

Quer você planeje usar um caracol assassino para controlar a população de caracóis ou não, eles certamente são uma alegria de se olhar. Ao contrário de outros caracóis que têm uma concha sem graça, esta espécie tem alguma cor. As conchas apresentam listras marrons e amarelas. Isso levou ao apelido "Caracol Abelha".

Barbo Cereja 101: Dieta, Reprodução e CompanheirosBarbo Cereja 101: Dieta, Reprodução e Companheiros
The shell pattern of an Assassin Snail

Alguns caracóis têm uma concha marrom sólida, mas é bastante raro em comparação com o padrão listrado.

A própria concha tem algumas propriedades únicas também. É cônica e apresenta uma ponta romba em uma extremidade.

Quando o caracol se sente ameaçado, ele se retrai de volta em sua concha para se proteger. O interessante sobre esse comportamento é que o caracol é perfeitamente capaz de se manter seguro da maioria dos predadores pequenos. Isso porque ele tem um opérculo. Basicamente, é uma porta de armadilha que permite que o caracol se isole em sua concha.

Para se movimentar no tanque, o caracol assassino tem um pé muito muscular. Ele se contrai para ajudar o bichinho a navegar em seus arredores. Claro, os movimentos do caracol são lentos e estáveis. Você pode encontrar o caracol frequentemente grudado no vidro ou subindo pelas pedras.

O corpo do caracol assume uma cor bege clara. Está coberto de pintas marrons e pretas, o que sem dúvida ajuda o caracol a se misturar com o substrato.

Em sua cabeça, você verá dois tentáculos curtos. Os olhos estão localizados nas extremidades para ajudar o caracol a detectar luz e movimento.

Tamanho

Em cativeiro, o tamanho médio de um caracol assassino é de cerca de uma polegada de comprimento. Alguns podem chegar a 2 polegadas de comprimento com a dieta certa, mas isso é muito incomum.

Nota do autor: Apesar de seu pequeno tamanho, esses bichinhos tendem a ter uma presença bastante marcante em seu tanque. Sua aparência arrumada compensa mais que sua natureza diminuta!

Cuidados com o caracol assassino

Na maior parte, os caracóis assassinos são muito fáceis de cuidar. Eles demandam pouca manutenção e podem prosperar sem muita confusão.

Os requisitos prioritários são boas condições do tanque e muitos alimentos nutritivos. Deixar de fornecer isso aumenta significativamente a chance de doença e uma vida útil reduzida. Aqui estão algumas das dicas de cuidados mais cruciais que você precisa seguir.

Tubarão de Cauda Vermelha 101: Alimentação e CompanheirosTubarão de Cauda Vermelha 101: Alimentação e Companheiros

Tamanho do tanque

Realisticamente, você não precisa de um tanque enorme para dar aos caracóis assassinos uma vida gratificante. Devido ao seu tamanho minúsculo, eles se sairão muito bem em um tanque moderadamente grande com muitos lugares para explorar.

No mínimo, eles devem ser mantidos em um tanque de 10 galões. Recomenda-se que você adicione 5 galões a esse requisito de tamanho para cada dois caracóis que você possuir.

Em geral, é claro, um tanque maior é sempre melhor. Muitos proprietários de caracóis assassinos preferem colocar esses gastrópodes em tanques de até 30 galões para que eles sintam que estão em um espaço aberto e não tenham necessidade de tentar escapar.

Nota do autor: Se você é um proprietário comprometido em maximizar a expectativa de vida de seus caracóis assassinos, recomendamos enfaticamente que você obtenha um tanque que exceda o tamanho mínimo recomendado. Essas criaturas prosperam quando têm espaço.

Parâmetros da água

Na natureza, os caracóis assassinos podem ser encontrados em climas tropicais. Eles vivem em rios de movimento lento cheios de areia macia e muitas pedras. Os rios no Sudeste Asiático tendem a ser um pouco alcalinos, então os caracóis se saem melhor em condições de água que imitam essa qualidade.

As temperaturas devem ser mais quentes. Qualquer mudança significativa para uma faixa de temperatura mais fria pode levar a problemas na concha e morte.

  • Temperatura da água: 21 a 27 graus Celsius (vise o meio)
  • Níveis de pH: 6,5 a 7,5
  • Dureza da água: 2 - 15 dKH

O que colocar no tanque deles

A boa notícia é que você não precisa fazer muito para agradar aos caracóis assassinos! Os gastrópodes passam a maior parte do tempo no fundo dos rios quando estão na natureza. Eles farão o mesmo em cativeiro.

É importante saber que esses caracóis gostam de cavar e se esconder. Por isso, o substrato deve ser solto o suficiente para permitir que eles lentamente se cubram.

Isso significa que você vai querer ter um substrato de areia fina no fundo do seu tanque. Isso é macio e fácil para eles cavarem. Usar um substrato grande ou grosso pode causar danos aos seus tentáculos e pele.

Na maior parte, um substrato arenoso é o único requisito de alta prioridade para os caracóis assassinos. Você pode se sentir livre para decorar o restante do seu tanque como quiser.

Ciclídeo Pavão 101: Tipos e Companheiros de AquárioCiclídeo Pavão 101: Tipos e Companheiros de Aquário

Nós gostamos de ir além quando se trata de nossos bichinhos, e achamos que você também deveria. Incluir algumas pedras e madeiras à deriva escaláveis é algo que recomendamos altamente, já que dá a esses caracóis lugares para explorar.

Plantas também são bem-vindas. Normalmente, manter plantas com caracóis é um pouco arriscado. Eles são propensos a comê-los e destruí-los. No entanto, esse não é o caso com os caracóis assassinos.

Isso ocorre porque esses caracóis são carnívoros. Eles realmente não se importam de uma forma ou de outra se você tiver plantas!

Quando se trata de equipamentos, também não há requisitos rígidos. O movimento causado por filtros normais é mais do que corrente suficiente para esses caracóis. Você não precisa de uma bomba de movimento rápido ou pedras de ar.

An assassin snail moving around substrate that isn't ideal

Você deve, no entanto, prestar muita atenção em quão eficaz sua filtragem é. Os caracóis assassinos precisam de água de alta qualidade para prosperar. Invista em um bom filtro (como o FX4) para garantir que a matéria orgânica não suje muito a água. Mesmo assim, você deve estar substituindo uma boa porção de água toda semana.

Nota do autor: Como esses bichinhos adoram subir, certifique-se de que seu tanque esteja coberto. Os filtros também devem ser equipados com esponjas para evitar qualquer acidente e fuga.

Possíveis doenças comuns

Não cometa o erro de pensar que os caracóis não podem ficar doentes. Eles são perfeitamente capazes de sofrer de doenças como os peixes.

Um dos problemas mais comuns que esses caracóis têm que lidar são as infecções parasitárias. Normalmente, elas aparecem como manchas brancas na concha. Infelizmente, tratar essas infecções é mais fácil falar do que fazer.

Muitos parasitas diferentes poderiam infectar os caracóis assassinos. Além disso, a maioria dos tratamentos usados para curar peixes é letal para gastrópodes. Por exemplo, medicamentos à base de cobre podem matar esses caracóis rapidamente.

Se você notar quaisquer sinais de doença, sua melhor aposta é separar os caracóis de quaisquer peixes que possam ficar infectados. Você não quer que seu problema de caracol afete o tanque inteiro!

Como sempre, a prevenção é a melhor maneira de lidar com doenças. Se você proporcionar ótimos cuidados e tiver uma qualidade de água impecável no tanque deles, a chance de seu caracol assassino ficar doente diminui significativamente.

Alimentação e dieta

Os caracóis assassinos são carnívoros e comem alimentos à base de proteína apenas. Seu tipo de comida favorito são na verdade outros caracóis menores do que eles.

Eles não são exigentes também. Esses animais atacarão qualquer caracol que puderem. Muitos proprietários os alimentam com Caracóis Trombeta, Caracóis Coelho, Caracóis Marfim e Caracóis Ramshorn. Os caracóis assassinos também se alimentarão dos ovos de outras espécies de caracóis.

Se esses não estiverem disponíveis, alevinos de camarão e vermes de sangue servem bem. Você também pode encontrar seu caracol beliscando camarão de salmoura ou sobras de flocos que caem no fundo do tanque.

Uma coisa legal sobre o cuidado com o caracol assassino é que você não precisa se preocupar com a superalimentação. Os caracóis assassinos gostam de se suceder e têm muito autocontrole (ao contrário de muitos peixes).

Isso significa que você poderia fornecer realisticamente uma boa população de caracóis alimentadores e deixar o caracol assassino comer lentamente ao longo do tempo!

Comportamento e temperamento

Os caracóis assassinos são criaturas bastante solitárias. Eles são mais ativos à noite e gostam de ficarem por conta própria. Se você não vê o caracol grudado no vidro, é muito provável que estejam escondidos na areia.

Esse é um comportamento normal que os caracóis praticam na natureza. Eles se escondem na areia e esperam um caracol desprevenido passar.

Deixando de lado sua natureza carnívora, esses caracóis não são agressivos e normalmente nem reconhecerão outras criaturas. Isso é bastante normal para caracóis, e esta espécie não é diferente.

Companheiros de tanque

Os caracóis assassinos não são agressivos com os peixes (nada surpreendente). A única coisa com que você precisa se preocupar é em emparelhá-los com companheiros de tanque que os verão como comida!

Os caracóis se saem melhor com peixes comunitários gentis que ocupam as partes superiores do tanque. Animais de fundo também podem funcionar. No entanto, eles precisam ser catadores gentis que não comerão os caracóis.

Aqui estão alguns de nossos companheiros de tanque favoritos de caracol assassino para você considerar:

Reprodução do caracol assassino

Os caracóis assassinos não têm problema em se reproduzir em cativeiro. Na verdade, eles podem se multiplicar rapidamente se você tiver muitos mantidos em um tanque!

Ao contrário de outros gastrópodes, esses caracóis não são hermafroditas. Sexos definidos realmente existem, mas é virtualmente impossível distinguir os dois apenas pela aparência.

Você pode manter uma coleção de 6 ou mais caracóis em um tanque para aumentar as chances de reprodução bem-sucedida.

Os caracóis têm uma espécie de ritual de acasalamento. Os bichinhos se emparelham e se seguem por várias horas. Esta é uma mudança notável no comportamento, pois a maioria dos caracóis nem reconhece os outros em circunstâncias normais.

Depois que os caracóis assassinos acasalaram, a fêmea depositará ovos em qualquer superfície firme que encontrar. Leva cerca de um mês para os minúsculos ovos eclodirem. Nesse ponto, os bebês se enterrarão na areia até ficarem um pouco maiores e estarem prontos para emergir.

Normalmente, adultos não comem os filhotes, então você não precisa se preocupar em separá-los.

Resumindo

Os caracóis assassinos são um fantástico petisco de água doce para incluir em seu tanque, simples assim.

Eles são fáceis de cuidar, bonitos e livrarão seu aquário de quaisquer caracóis pragas que possam aparecer. Basicamente, você obtém um monte de benefícios e zero desvantagens.

Recomendamos vivamente que você pegue alguns para si mesmo, mas se ainda estiver em dúvida, não hesite em nos avisar! Adoramos falar sobre esses animais e adoramos ouvir de nossos leitores.

Maria Oliveira

Maria é uma entusiasta da aquariofilia, dedicando seu tempo livre ao cuidado de seus aquários meticulosamente montados. Apreciadora da tranquilidade que seus peixes proporcionam, Maria mergulha profundamente no estudo das diferentes espécies, tornando-se uma referência em seu círculo social para tudo que diz respeito a esse fascinante hobby. Com paciência e dedicação, ela cultiva não apenas belos ambientes aquáticos, mas também um espaço de serenidade e beleza em sua própria vida.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações