Chevron Tang: Guia de Cuidados, Alimentação e Habitat

Um tipo de peixe-cirurgião nadando com outros peixes-tangue chevron

O Peixe-Tangue Chevron é uma espécie de peixe stunante que é popular entre os entusiastas de aquários. Esses peixes são conhecidos por sua coloração vibrante, especialmente no estágio juvenil, uma vez que mudam de cor à medida que envelhecem. Eles têm um padrão distinto, com linhas diagonais que se assemelham a um chevron.

Embora possam ser desafiadores de cuidar, com a configuração e atenção corretas, eles podem prosperar em um aquário doméstico. Esperamos que este guia de cuidados forneça tudo o que você precisa para ter sucesso como um novo proprietário do Peixe-Tangue Chevron, aproveite!

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

Peixes-Tangue Chevron são uma espécie relativamente rara e um dos membros mais passivos da família Cirurgião. Conhecidos cientificamente como Ctenochaetus hawaiiensis, esses peixes são nativos do Oceano Pacífico central, especialmente nas águas ao redor do Havaí. Eles são herbívoros que fornecem valiosos serviços de limpeza em seu tanque.

Chevrons, também chamados Chevys e Cirurgiões Negros, atingem profundidades de 200 pés abaixo da superfície e vivem em diferentes faixas de recifes ao longo de suas vidas. Chevrons jovens ficam em áreas mais profundas entre os corais, enquanto adultos habitam regiões mais rochosas perto da superfície.

Esses Peixes-Tangue começam a vida como solitários antes de passarem a idade adulta em pares ou pequenos grupos ligados. É relativamente raro mergulhadores avistarem-nos devido às profundidades que os jovens preferem e ao excelente camuflagem natural dos adultos.

A espécie é moderadamente ativa, alimentando-se de algas encontradas em todo o seu recife. Chevrons são habitantes de tanques únicos que passam por mudanças radicais na aparência à medida que envelhecem, enquanto convivem pacificamente com outros peixes pacíficos. Eles são ideais para aquários comunitários porque seus tons abafados contrastam brilhantemente com seus companheiros de tanque mais vistosos.

Aparência

Chevrons diferem de muitas espécies de peixes porque suas cores ficam mais opacas e escuras à medida que envelhecem. Chevrons juvenis são tons vermelho-laranja brilhantes com uma rede de formas de V azuis ou arroxeadas em seus corpos que formam linhas, dando-lhes o apelido Chevron. Adultos são pretos com uma rede de formas de V verdes que só são perceptíveis de perto. A mudança de cor começa assim que o peixe jovem atinge cerca de 3 polegadas.

Nota do Autor: Essa mudança está relacionada à defesa. Chevrons jovens vivem e se alimentam entre os corais. A coloração brilhante permite um melhor camuflagem. À medida que envelhecem, os Chevrons fazem a transição para a vida nas áreas mais rochosas dos recifes. Tons mais escuros mascaram-nos melhor. Esses Peixes-Tangue são pacíficos, tornando o camuflagem eficaz vital.

Peixes-Tangue Chevron têm corpos achatados em forma de disco característicos dos Cirurgiões. Sua nadadeira dorsal vai da cabeça à cauda, e eles têm espinhos característicos emergindo do pedúnculo. Seus focinhos são curtos e atarracados, criando uma expressão quase emburrada. Este recurso ajuda-os a usar seus 30 dentes para raspar e revolver algas.

Um peixe-tangue chevron nadando em um aquário de água salgada

Expectativa de Vida

Com cuidados adequados e condições de tanque ideais, o Peixe-Tangue Chevron pode ter uma expectativa de vida de até 15 anos.

Cuidados com Clove Polyps: Dieta, Cor e ReproduçãoCuidados com Clove Polyps: Dieta, Cor e Reprodução

Tamanho Médio

Na fase adulta, um Peixe-Tangue Chevron pode atingir um tamanho médio de 11 polegadas ou 28 cm.

Cuidados com o Peixe-Tangue Chevron

Chevrons têm muitas das mesmas manias de outros Peixes-Tangue, incluindo susceptibilidade a doenças e intolerância a membros de sua espécie. No entanto, esses peixes são um dos Peixes-Tangue mais fáceis de cuidar e se adaptam bem à vida no tanque.

Tamanho do Tanque

Especialistas recomendam um tamanho mínimo de tanque de 150 galões para um Peixe-Tangue Chevron. Eles são pastadores naturais que precisam de espaço para nadar e procurar as algas que desejam. Esses peixes se saem melhor com um tanque de 4 pés ou mais.

Parâmetros da Água

  • Temperatura da água: 73 a 80°F
  • Níveis de pH: 8,1 a 8,4
  • Dureza da água: 8 a 12 dKH
  • Gravidade específica: 1,020-1,025

Configuração do Tanque

O tanque deve ter pedras vivas e areia. Essas formações criam condições ideais para o crescimento das fontes de alimento do seu Chevron. Espaçar as pedras o suficiente para fornecer ao peixe frestas para escapar quando se sentir tímido ou intimidado, mas perto o suficiente para permitir espaço aberto adequado para o peixe nadar sem restrições.

Um Ctenochaetus hawaiiensis procurando comida

Filtragem

O tanque precisa de um filtro capaz de lidar com o grande volume de água que os Chevrons exigem. Igualmente importante, você deve investir em uma bomba de circulação para criar uma corrente forte dentro da sua configuração. Chevrons selvagens procuram as áreas de ressurgência dos recifes. Seu Chevron prosperará na água rica em oxigênio resultante do alto movimento da água.

Aclimatação

Como com todos os peixes, os Peixes-Tangue Chevron devem ser adaptados ao seu tanque residencial usando o método de gotejamento lento. Eles são relativamente resistentes e são bem transportados, mas são altamente propensos a doenças. Todos os espécimes são capturados na natureza. Como resultado, é essencial colocar em quarentena e monitorar seu Chevron quanto a doenças antes de introduzi-lo em seu aquário.

Peixes-Tangue Chevron são Seguros para Recife?

Sim, felizmente seu Peixe-Tangue Chevron é seguro para recife! Eles vasculham vorazmente seu tanque em busca de algas sem prejudicar os pólipos de coral ou outros invertebrados que compõem o recife. Sua ânsia por diatomáceas e algas verdes ajuda a manter seu tanque limpo e o recife saudável.

Doenças Comuns Possíveis e Prevenção

Como muitas espécies de água salgada, esses Peixes-Tangue Chevron são suscetíveis ao Ich Marinho porque carecem de um revestimento de muco. A doença resulta de parasitas. Você pode detectar o Ich Marinho pelas manchas brancas que cria no corpo e nas nadadeiras do peixe. A infecção causa fadiga e respiração ofegante.

Quando você reconhece a doença, é melhor avaliar as condições da água e restaurá-las aos níveis ideais o mais rápido possível. Você também pode começar o tratamento com medicação antiparasitária e monitorar seu peixe. Quanto mais cedo capturar a infecção, maior a chance do seu Chevron se recuperar completamente.

Nota do Autor: A prevenção de doenças depende da manutenção de condições adequadas do tanque, monitoramento ativo da qualidade da água e manutenção do bem-estar dos peixes. Estresse e desnutrição são os maiores contribuintes para doenças em peixes.

Guia de Cuidados com o Camarão Sexy: Dieta e HabitatGuia de Cuidados com o Camarão Sexy: Dieta e Habitat

Alimentação e Dieta

Chevrons são herbívoros que comem algas menores do que a maioria dos outros Peixes-Tangue que preferem algas filamentosas. Seu peixe vai vasculhar seu tanque, penteando micro-organismos e material vegetal com seus dentes em forma de escova. Eles são apelidados de Peixes-Tangue de Dentes de Cerdas por essa anatomia única e método de alimentação.

Você pode oferecer a eles material vegetal aquático picado e alga nori para suplementar sua dieta. Alimentos ou flocos à base de plantas desidratadas são opções aceitáveis.

Nota do Autor: Especialistas também recomendam fornecer ocasionalmente alimentos carnudos, como camarão mísis e náuplios de artêmia, para promover a nutrição e fortalecer o peixe.

É melhor alimentar seu Chevron duas ou três vezes ao dia, oferecendo porções menores e monitorando para garantir que ele coma. As refeições de proteína devem ser fornecidas apenas duas vezes por semana. Variar a dieta mantém o peixe envolvido com as refeições e garante que ele atenda às suas necessidades nutricionais e calóricas.

Comportamento e Temperamento

Chevrons são mais pacíficos do que seus companheiros Peixes-Tangue. Embora territoriais com membros de sua espécie, eles são dóceis e vivem pacificamente com outras espécies. Infelizmente, sua natureza tranquila os torna suscetíveis a bullying. Chevrons são nadadores ativos e você observará eles explorando as pedras e o substrato arenoso em busca de detritos e microalgas.

Suas bocas contêm fileiras de dentes que formam filtros semelhantes a pentes. Você provavelmente será capaz de notar suas marcas de lábios nas paredes de seu tanque ou em qualquer outro lugar onde encontrem algas. No entanto, suas bocas não são fortes o suficiente para danificar o tanque.

Companheiros de Tanque do Peixe-Tangue Chevron

Chevrons se dão bem com a maioria dos outros peixes de recife pacíficos que podem tolerar correntes fortes. É melhor evitar peixes agressivos e predadores, que podem intimidar facilmente esses habitantes passivos. Ótimas opções incluem:

Reprodução

Biólogos acreditam que Chevrons selvagens desovam em pares acasalados. A reprodução bem-sucedida em cativeiro ainda não ocorreu. Como resultado, todos os Chevrons disponíveis para compra são capturados na natureza.

Os requisitos de tamanho do tanque, a dificuldade de estabelecer um par misto de Chevrons e as chances de isolar com sucesso ovos fertilizados tornam a reprodução em cativeiro irrealista em uma configuração doméstica.

Um tipo de peixe-cirurgião nadando com outros peixes-tangue chevron

Conclusão

Cuidar de um Peixe-Tangue Chevron pode ser uma experiência gratificante para entusiastas de aquariofilia. Eles exigem um ambiente cuidadosamente organizado e uma dieta que mimetize seu habitat natural. É essencial manter uma excelente qualidade da água e fornecer bastante espaço para que esses peixes prosperem. Com cuidados adequados e atenção, seu Peixe-Tangue Chevron pode proporcionar anos de prazer e beleza em seu aquário doméstico.

Cuidados com o Camarão Harlequin: Alimentação e LongevidadeCuidados com o Camarão Harlequin: Alimentação e Longevidade

Não hesite em entrar em contato conosco com qualquer dúvida que possa ter ou mesmo para compartilhar suas histórias de sucesso! Desejamos a vocês boa sorte e esperamos que seu aquário de água salgada fique incrível com a adição deste bonito peixe.

Ana Santos

Ana cultivou um fascínio por aquariofilia desde pequena. Com um olhar atento e uma paixão por peixes, ela criou seu próprio santuário aquático em casa. Hoje, Ana é uma referência na comunidade de aquariofilia brasileira, compartilhando seu conhecimento e promovendo a preservação dos ecossistemas aquáticos através de workshops e palestras. Com dedicação e amor, Ana transformou sua paixão em uma jornada de aprendizado e descobertas constantes no mundo subaquático.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações