Kuhli Loach: Cuidados, Tamanho do Tanque e Reprodução

O Kuhli Loach é um ótimo peixe limpador que se dá bem com os outros.

Além disso, eles têm uma aparência interessante e única que os torna um peixe de água doce altamente procurado para muitos aquários domésticos.

Neste guia, vamos abranger tudo o que você precisa saber sobre o cuidado com o Kuhli Loach, bem como outras informações úteis que você deve saber sobre o peixe.

Quando terminar de ler isso, você terá uma compreensão mais profunda dessa espécie e saberá se eles são adequados para você.

Tabela de conteúdos

Informações Rápidas

Nome Científico: Pangio kuhlii
Outros Nomes: Loach Coolie, Loach Leopardo
Expectativa de Vida: 10 anos
Tamanho: 4 polegadas
Cuidados: Médio-Difícil
Dieta: Onívoro e alimentos ricos em proteínas
Condições da Água: 73F-86F, 5.5-6.5pH, <5.0dGH
Tamanho do Aquário: 15 galões
Comportamento: Tímido, Pacífico
Dificuldade de Reprodução: Alta

 

Visão geral da espécie

Às vezes referido como um Loach Coolie ou Loach Leopardo, o Kuhli Loach (Pangio kuhlii) é um peixe tropical único que vem de riachos de água doce no Sudeste Asiático em áreas como Malásia, Tailândia e Bornéu. Eles fazem parte da família Cobitidae. Embora tenham sido classificados pela primeira vez em 1846, o Kuhli Loach tem uma história muito longa. Essas criaturas são consideradas uma das muitas peixes do Velho Mundo que eram usadas como fonte de alimento para os primeiros indonésios.

Hoje, os Kuhli Loaches são um pilar em aquários em todo o mundo. Eles mantêm muitas das mesmas características que tinham na natureza. Como tal, eles fazem uma excelente adição a tanques compartilhados.

Expectativa de vida do Kuhli Loach

A expectativa de vida média do Kuhli Loach é de cerca de 10 anos. Isso é bastante impressionante e significa que se você cuidar bem deles, eles estarão por perto por um bom tempo!

Assim como qualquer peixe, a expectativa de vida do seu Kuhli Loach pode mudar significativamente com base em como eles são tratados. Coisas como má qualidade da água, estresse de companheiros de tanque inadequados ou uma dieta sub-ótima podem encurtar drasticamente sua expectativa de vida.

Foxface Rabbitfish: Dieta, Longevidade e VenenoFoxface Rabbitfish: Dieta, Longevidade e Veneno

Como eles são?

Uma das características mais identificáveis ​​deste peixe é seu corpo esguio. À primeira vista, é muito fácil confundir os Kuhli Loaches com enguias. Seus corpos são finos e eles têm barbatanas relativamente pequenas que são difíceis de ver.

Curiosamente, eles não têm uma linha lateral distinta. Embora eles tenham uma nadadeira dorsal visível, ela está localizada mais para trás do que a maioria dos peixes. Ao invés de estar diretamente no meio do corpo, pode ser encontrada em seu terço inferior, mais perto da cauda.

A maioria dos Kuhli Loaches é multicor. A base pode ser colorida de rosa claro a amarelo latão. A parte inferior do peixe é um pouco mais clara. Além dessa cor base, o peixe tem entre 10 e 15 listras escuras.

Eles são muito parecidos com um tigre. Dependendo do peixe em particular, as linhas marrons escuras podem contornar todo o corpo ou parar na barriga.

Outro traço físico que se destaca são os barbilhões do peixe. Quatro pares de barbilhões em torno da boca do peixe ajudam a sentir o alimento. Os Kuhli Loaches têm olhos cobertos por uma pele transparente fina. Embora ainda possam ver, os barbilhões ajudam-nos a navegar melhor no ambiente.

Esses não são os únicos espinhos que o peixe está escondendo. Logo abaixo de cada olho há um par de espinhos afiados. Quando o peixe está relaxado, eles são quase invisíveis. No entanto, esses espinhos surgirão no momento em que o Kuhli Loach for ameaçado.

É um mecanismo de defesa que ajuda a repelir predadores. No caso de serem comidos, aqueles espinhos são a última linha de defesa do peixe para prejudicar os atacantes. É uma característica biológica incomum que influenciou seu nome científico, Acanthopthalmus. Significa "olho espinhoso".

Tamanho do Kuhli Loach

O tamanho médio do Kuhli Loach na verdade não é muito grande! Na natureza, esses habitantes de rios geralmente chegam a no máximo 5 polegadas quando atingem a maturidade total. No entanto, eles tendem a ficar entre 3 e 4 polegadas em cativeiro. Como resultado, eles não precisam de muito espaço no seu aquário para começar.

O Kuhli Loach Preto

Existe uma variante popular desse peixe que muitos proprietários de tanques querem. O nome disso é o kuhli loach preto.

Essa variante é praticamente a mesma em termos de tamanho e comportamento como o normal, mas há uma grande diferença. O kuhli loach preto tem uma cor diferente.

Axolotl: Alimentação, Longevidade e Setup de TanqueAxolotl: Alimentação, Longevidade e Setup de Tanque

Você consegue adivinhar qual é?

Isso mesmo, os kuhli loaches pretos são quase completamente pretos (ou marrons escuros) da cabeça aos pés. Isso é bem diferente do tipo normal, então obviamente é uma opção atraente para aquaristas que querem misturar um pouco as coisas.

Somos grandes fãs do kuhli loach preto e recomendamos fortemente a quem quer adicionar um toque de variedade ao seu tanque.

Cuidados com o Kuhli Loach

O cuidado com o Kuhli Loach é algo que pode ser difícil para aquaristas iniciantes. Esses peixes são muito suscetíveis a doenças e infecções parasitárias. A maioria dos peixes tem escamas duras que podem protegê-los dos efeitos de bactérias e fungos. Infelizmente, os Kuhli Loaches não têm essa sorte.

Eles têm algumas escamas. No entanto, elas são macias e fracas. Em suas cabeças, eles não têm escamas. Isso torna mais fácil para as doenças entrarem em seus corpos.

Além de tudo isso, os peixes são sensíveis até às mudanças mais sutis na água. Ao introduzir um novo Kuhli Loach no seu aquário, você deve ter muito cuidado com a qualidade e temperatura da água. Se você já usa medicamentos ou produtos químicos com nossos peixes existentes, corre o risco de prejudicar o Kuhli também.

Um dos maiores problemas que afligem os Kuhli Loaches é o Ich. Se você é um aquarista experiente, provavelmente está familiarizado com essa doença. É causada por um parasita e pode se espalhar rapidamente para todas as criaturas do seu tanque. Normalmente, os primeiros sinais da doença são pequenas manchas brancas por todo o corpo do seu peixe.

Devido à sua natureza sensível, os Kuhli Loaches costumam ser os primeiros peixes a serem afetados pela doença. Sem o tratamento adequado, o Ich pode ser fatal e causar mais problemas dentro do ecossistema.

A chave para um cuidado efetivo com o Kuhli Loach é fornecer-lhes tudo o que precisam para permanecer saudáveis. Isso inclui uma ótima dieta, qualidade de água superior e um ambiente que eles adorem. Sem essas coisas, seu Kuhli ficará estressado e doente muito rapidamente.

Informações sobre alimentação e dieta

A boa notícia é que os Kuhli Loaches são muito fáceis de agradar quando se trata de dieta. Eles são onívoros naturais que podem comer praticamente qualquer coisa. Na natureza, eles vasculham leitos de rios e consumirão de tudo, desde pequenos camarões até material vegetal. O legal sobre esses peixes é que eles agem como um filtro natural.

Peixe Molly: Dieta, Tipos e Tudo Sobre a LongevidadePeixe Molly: Dieta, Tipos e Tudo Sobre a Longevidade

Eles escavam o chão do seu ambiente e ingerem punhados de areia apenas para obter qualquer coisa comestível. A mesma coisa acontece em um aquário.

Dito isso, isso não significa que você não deva alimentá-los com comida de verdade. Os Kuhli Loaches adoram alimentos à base de peixe. Alimentos vivos são ainda melhores. Minhocas de sangue, pulgas d'água, artêmias e tubifex são escolhas populares para entusiastas de peixes.

Você também pode alimentar esses peixes com alimentos liofilizados e peletes padrão. O único senão é que você precisa ter certeza de que a comida pode afundar até o fundo. Lembre-se, esses são habitantes do fundo que vasculham. Eles não vão nadar até a superfície da água para pegar a comida.

Recomendamos que você alimente seus Kuhli Loaches várias vezes ao longo do dia. Apenas certifique-se de que eles possam consumir facilmente a comida em alguns minutos. O último coisa que você quer fazer é alimentá-los em excesso. A cada dois dias, ofereça alguns alimentos vivos ou congelados para garantir que eles estão recebendo uma dieta equilibrada.

Condições da água

Como com qualquer peixe, os Kuhli Loaches se saem melhor em aquários que imitam seus habitats naturais. Esses peixes vivem em rios tropicais de água lenta. Portanto, temperaturas mais quentes entre 73 e 86 graus Fahrenheit são preferidas.

Quando se trata da qualidade da água, os Kuhli Loaches gostam de um pouco mais de acidez do que outras espécies. Um equilíbrio de pH entre 5,5 e 6,5 é o melhor. A água também deve ter uma classificação de dureza de no máximo 5,0 dGH.

Tamanho mínimo do tanque

O próprio tanque também precisa de alguma preparação para evitar problemas. Como os peixes são relativamente pequenos, o tamanho mínimo do tanque Kuhli Loach é de apenas cerca de 15 galões. No entanto, se você planeja ter mais de um, adicione de 3 a 5 galões para cada Kuhli adicional.

Informações adicionais sobre o tanque

Muitos entusiastas de peixes tiveram problemas com equipamentos de aquário. Não deixe que a natureza dócil dos Kuhli Loaches o engane. Eles podem se meter em alguma confusão se lhes for dada a chance. Um problema comum é o tubo de entrada em filtros de aquário.

Ele deve ser coberto com uma malha fina. Caso contrário, seu Kuhli Loach pode se contorcer até lá e ficar preso no filtro. Dependendo do design do seu filtro, esse pode ser um erro fatal!

Também certifique-se de ter uma tampa segura. É conhecido que esses peixes pulam para fora dos tanques quando você menos espera.

Para o fundo do seu tanque, opte por um substrato liso. Os Kuhli Loaches adoram se enterrar. Seixos grandes e irregulares podem cortar suas escamas delicadas. A melhor opção é areia fina. Embora seixos lisos também possam funcionar.

Quanto às decorações, dê ao seu peixe muitos lugares para se esconder. Pedras, galhos, cavernas fabricadas e uma coleção de plantas vivas devem resolver. Peixes selvagens tendem a permanecer em águas rasas repletas de vida vegetal. A introdução de coisas como musgo de turfa, samambaias-d'água e outras plantas vivas pode fazer toda a diferença em sua qualidade de vida.

Comportamento e temperamento

Apesar de sua aparência chamativa, os Kuhli Loaches não gostam de atenção. Eles preferem ficar discretos. Isso é especialmente verdadeiro quando não estão ao redor de outras espécies semelhantes. Quando estão sozinhos, podem ser um pouco tímidos e reclusos.

Kuhli loach sendo tímido

Mesmo quando têm outros ao redor, não espere vê-los muito durante o dia. Eles tendem a ficar quietos e procuram lugares para se esconder. Assim que o sol se põe, eles se tornarão mais ativos e começarão a procurar comida perto do chão do ambiente.

Em seus habitats naturais selvagens, os Kuhli Loaches passam seu tempo enterrando-se em leitos de rios e procurando coisas para comer. O mesmo comportamento acontece em aquários. Eles são habitantes do fundo, então você não encontrará seu Kuhli nadando até a superfície da água com muita frequência.

Quando se trata de temperamento, os Kuhli Loaches são muito mansos. Eles são peixes pacíficos e se dão bem com outras criaturas, desde que sejam deixados sozinhos. Como mencionamos anteriormente, eles têm espinhos afiados para se defender. No entanto, eles geralmente não os usam, a menos que tenham um bom motivo para isso.

Companheiros ideais para o tanque

O melhor tipo de peixe de aquário que você pode manter com o seu Kuhli Loach é mais Kuhli Loaches. Embora não sejam peixes de cardume, de modo algum, essa espécie gosta de estar perto de outros. Ter cerca de mais cinco peixes da mesma espécie em volta tende a deixá-los mais ativos e felizes.

Como mencionamos anteriormente, os Kuhli Loaches são bastante pacíficos. Portanto, eles se sairão bem com outros peixes não agressivos. Se você quiser ter um tanque de várias espécies, pode optar por peixes que ocupem outras áreas do ambiente. Os Kuhli Loaches passam a maior parte do tempo no fundo, enterrando-se no substrato.

O pareamento deles com peixes que passam seu tempo mais próximo da superfície é bastante comum. Espécies pacíficas como Tetras, Danios e Rasboras se saem bem com os Kuhli Loaches. As Gourmias são uma boa opção se você quiser peixes que nadam principalmente no meio do tanque.

Os Kuhli Loaches também podem coexistir com outros habitantes do fundo. Criaturas não agressivas como Corydoras e Camarões Cherry Vermelhos se saem muito bem.

Que peixes você deve evitar? Quaisquer espécies territoriais ou agressivas são inaceitáveis. Isso inclui Ciclídeos, Tigres Bárbaros, Betta e Arowanas. Grandes peixes que podem ver o Kuhli Loach como jantar também devem ser evitados.

Dicas de reprodução

Reproduzir Kuhli Loaches em cativeiro não é uma tarefa fácil. Esses peixes podem ser bastante teimosos e exigem um ambiente muito específico. Embora seja difícil, pode ser feito com um pouco de paciência e know-how.

O primeiro passo para os criadores é geralmente a sexagem. Infelizmente, machos e fêmeas Kuhli Loaches não têm muitas diferenças na aparência quando não estão se reproduzindo. Eles se parecem virtualmente idênticos. Alguns dizem que os machos têm nadadeiras peitorais maiores, mas a diferença é muito pequena.

É só quando eles estão prontos para se reproduzir que as fêmeas começam a se destacar. Os Kuhli Loaches não atingem a maturidade até aproximadamente dois anos de idade. Quando estão prontos para desovar, as fêmeas podem inchar. Em alguns casos, você pode até ver os ovários através da pele.

Felizmente, os Kuhli Loaches são reprodutores comunais. Você não precisa emparelhá-los para obter resultados. Para maximizar as chances de desova, você pode manter um grande grupo junto e colocá-los todos em um tanque de reprodução especializado.

A chave para uma reprodução bem-sucedida é deixá-los o mais confortável possível. A melhor maneira de fazer isso é recriar seus locais naturais de desova. Kuhli Loaches selvagens colocam ovos em águas muito rasas com vegetação densa.

Seu tanque de reprodução deve ter níveis de água mais baixos e plantas flutuantes vivas. Algumas plantas extras na água também podem ajudar a promover a reprodução. Mantenha os níveis de luz baixos e ajuste a qualidade da água. Diminua um pouco a dureza da água e aumente o pH para 6,5.

Depois que seu tanque estiver configurado, dê tempo para os peixes se adaptarem e se sentirem confortáveis. Então, alimente-os com muitos alimentos vivos. Se tudo correr conforme o planejado, você deve começar a ver as fêmeas ficando maiores. Às vezes, você pode ver os ovos verdes através de suas barrigas.

Quando isso acontecer, monitore seus peixes de perto. Você deve agir rapidamente, pois os Kuhli Loaches se alimentarão dos ovos e de qualquer cria que eclodir. Fique de olho nessas plantas flutuantes. Os ovos geralmente são colocados na parte inferior das plantas.

Os ovos terão uma cor verde muito vibrante, então não deve ser tão difícil avistá-los. Além disso, centenas de ovos são postos de uma vez. Basta procurar grandes agrupamentos de verde. Assim que você vir, coloque seus Kuhli Loaches adultos de volta ao tanque regular.

Os ovos levam apenas 24 horas para eclodir. Aquelas pequenas larvinhas se alimentarão da Infusória que está em suas plantas vivas. Você pode complementar essa refeição com artêmias recém-eclodidas ou ração em flocos triturada. Certifique-se de alimentar a cria regularmente para aumentar as taxas de sobrevivência.

Resumo

O cuidado com o kuhli loach pode parecer intimidador a princípio, mas não é tão assustador quanto parece assim que você aprende sobre eles.

Claro, há algumas coisas diferentes que você precisará estar atento, mas achamos que vale a pena.

Esses peixes são ótimas adições a tanques comunitários, mas também se saem muito bem quando mantidos com alguns da própria espécie. Isso lhe dá algumas opções sobre como mantê-los uma vez que você entenda como mantê-los saudáveis e garantir que eles prosperem.

No geral, somos grandes fãs do Kuhli Loach e recomendamos bastante aos proprietários de tanque que querem mudar um pouco as coisas!

Maria Oliveira

Maria é uma entusiasta da aquariofilia, dedicando seu tempo livre ao cuidado de seus aquários meticulosamente montados. Apreciadora da tranquilidade que seus peixes proporcionam, Maria mergulha profundamente no estudo das diferentes espécies, tornando-se uma referência em seu círculo social para tudo que diz respeito a esse fascinante hobby. Com paciência e dedicação, ela cultiva não apenas belos ambientes aquáticos, mas também um espaço de serenidade e beleza em sua própria vida.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações