Camarão Vampiro: O Guia Completo para Cuidados

Camarões Vampiro são uma espécie de água doce subestimada que pode agregar muito valor ao seu aquário. Sua aparência única, temperamento pacífico e natureza filtradora os tornam uma de nossas pequenas criaturas favoritas para possuir!

Mas sua falta de popularidade significa que muitas pessoas não sabem como cuidar deles. Esses camarões têm alguns requisitos distintos que diferem de outras espécies.

Este guia vai esclarecer tudo, passando por todos os essenciais dos cuidados com o Camarão Vampiro. Quando terminar de ler, estará pronto para começar!

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

O Camarão Vampiro (nome científico: Atya gabonensis) é um belo eremita com comportamentos alimentares interessantes.

Apesar de seu nome um tanto ameaçador, esses camarões são na verdade bastante pacíficos. Eles passam a maior parte do tempo escondidos, saindo apenas durante as horas do crepúsculo e da noite.

Esses camarões são encontrados naturalmente na África Ocidental e na América do Sul. Eles geralmente habitam áreas costeiras de água doce. Você pode encontrá-los se escondendo entre as raízes de mangue e outra vegetação densa.

Em cativeiro, os Camarões Vampiro requerem muito das mesmas condições de vida. Naturalmente tímidos e reclusos, esses camarões não são dos que vão mantê-lo entretido. Mas se você conseguir avistá-los ao ar livre, eles farão uma exibição única que você não esquecerá tão cedo!

Expectativa de Vida

Em boas condições, a expectativa de vida média de um Camarão Vampiro é de cerca de cinco anos. Isso os torna uma das espécies de camarão de vida mais longa.

Nota do Autor: Diz-se que eles vivem entre oito e dez anos na natureza, mas os camarões cativos têm uma expectativa de vida média um pouco mais curta.

Dito isto, eles só podem atingir seu potencial máximo em um ambiente bem mantido. Como qualquer outra espécie de camarão, seu ambiente impacta diretamente sua saúde geral. Em condições instáveis da água, eles podem sofrer problemas de saúde potencialmente fatais.

Shubunkin Goldfish 101: Tudo que Você Precisa SaberShubunkin Goldfish 101: Tudo que Você Precisa Saber

Tamanho Médio do Camarão Vampiro

O tamanho típico do Camarão Vampiro é de cerca de 12 a 15 centímetros de comprimento. Isso é muito maior do que muitos outros tipos de camarões de água doce.

Eles não são apenas mais longos, mas também muito mais volumosos. A maioria dos espécimes ostenta uma carapaça resistente que oferece uma ótima proteção. Realmente se destaca quando você os vê pela primeira vez!

Aparência

Graças ao seu maior tamanho, é fácil apreciar a beleza do Camarão Vampiro. Olhe de perto para o corpo do invertebrado e você notará vários recursos distintos. O mais notável são suas ventoinhas.

Esta espécie é alimentadora de ventoinhas. Eles capturam alimentos com expansivas ventoinhas semelhantes a cabelos em seus braços. Você pode observá-los levantando as ventoinhas para coletar matéria orgânica na água para consumo.

Como mencionado anteriormente, a carapaça é muito espessa e volumosa. A forma e construção geral da carapaça se assemelham muito a de um lagostim, em vez de um camarão de corpo fino tradicional.

Dois camarões vampiro filtragem em um aquário

Em suas pernas, você notará pontos ondulados. Esses pontos cobrem os lados das pernas. Na parte inferior das pernas, eles têm um único ponto maior. Essa característica física única é dita ajudar o camarão a se agarrar às pedras ou plantas para estabilidade em correntes fortes.

Em termos de cor, há muita variedade com o Camarão Vampiro! A maioria dos camarões terá um tom azulado-acinzentado claro. No entanto, essa cor pode mudar para tons mais escuros de azul, branco total, marrom-avermelhado ou rosa!

Suas cores podem mudar várias vezes ao longo da vida do camarão. No entanto, a cor depende em grande parte da idade e do ambiente. Aqueles mantidos em ambientes mais escuros tendem a ter uma cor mais intensa.

Nota do Autor: Quando jovens, é quase impossível diferenciar machos de fêmeas de Camarão Vampiro. Mas uma vez que atingem cerca de 7,5 centímetros de comprimento, essas diferenças se tornam mais aparentes.

Geralmente, os machos são maiores do que as fêmeas e têm o primeiro par de pernas mais grosso. Enquanto isso, as fêmeas têm placas abdominais maiores.

Plakat Betta: Dieta, Companheiros de Tanque e MaisPlakat Betta: Dieta, Companheiros de Tanque e Mais

Cuidados com o Camarão Vampiro

O cuidado adequado com o Camarão Vampiro é tudo sobre fornecer um ambiente bem mantido que atenda às suas necessidades.

Eles são um pouco mais exigentes do que seu crustáceo de água doce médio. No entanto, seus requisitos de cuidados são bastante fáceis de dominar uma vez que você tenha alguma prática.

Abaixo estão algumas diretrizes importantes de cuidados para manter seu Camarão Vampiro em boa forma.

Tamanho do Aquário

O tamanho ideal do aquário para o Camarão Vampiro deve ser de pelo menos 75 litros. Embora alguns aquaristas tenham tido sucesso mantendo-os em um aquário menor (57 litros é muitas vezes mencionado), acreditamos que o aquário maior fará uma grande diferença a longo prazo.

Esses camarões dependem de micro-organismos, detritos de plantas e outros itens orgânicos na água para se alimentar. Tanques maiores são mais propícios a esse tipo de coisa. Os filtros em tanques pequenos são muito eficientes, deixando o ambiente muito limpo para os camarões.

Um aquário de 75 litros ou maior também fornece muito espaço de fundo para o camarão vagar. Você pode facilmente criar vários esconderijos para o camarão, mantendo o restante do aquário aberto para outras formas de vida.

Parâmetros da Água

Os Camarões Vampiro não são muito exigentes quanto às condições da água. Eles podem tolerar uma ampla faixa de parâmetros sem apresentar qualquer problema.

A principal coisa com que você precisa se preocupar são os níveis de amônia e nitrato. Como outras espécies de camarão, os Vampiros são altamente sensíveis aos efeitos dos resíduos biológicos. Você deve ciclar completamente o tanque antes de adicionar seus camarões e equipar o aquário com um sistema de filtração poderoso para manter os níveis de amônia indetectáveis.

Mudanças regulares de água são obrigatórias. Também é importante testar os parâmetros regularmente para garantir que o habitat subaquático esteja certo para seus camarões. Aqui estão alguns parâmetros de água a serem seguidos.

  • Temperatura da água: Entre 23°C e 29°C (vise o meio dessa faixa)
  • Níveis de pH: 6,5 a 7,8 (um nível de pH neutro é o melhor)
  • Dureza da água: 3 a 10 dKH

Configuração do Habitat

Criar um ambiente seguro e confortável é importante para o Camarão Vampiro. Esses invertebrados se saem melhor em habitats naturais preenchidos com vegetação densa.

Dwarf Water Lettuce: O Guia Completo para CuidadosDwarf Water Lettuce: O Guia Completo para Cuidados

Comece criando uma camada de substrato de areia no fundo do tanque. A areia é macia e adequada para escavação. Até cascalho fino poderia ferir os delicados leques alimentadores do camarão, por isso é melhor evitá-lo.

Em seguida, adicione muitas pedras e galhos. Crie pequenos bolsos e frestas para o camarão ocupar.

Nota do Autor: Eles passarão a maior parte do tempo durante o dia se escondendo nessas áreas, então dê a eles muitas opções.

Neste ponto, você pode adicionar plantas ao tanque. Utilize plantas vivas em vez de plásticas. As plantas vivas naturalmente soltam matéria orgânica na água, que é a fonte perfeita de alimento para o Camarão Vampiro. Não há espécies obrigatórias.

Misture várias espécies de plantas para obter a aparência que deseja. Adicione algumas plantas de haste mais altas na parte de trás, plantas de folhas finas em primeiro plano e algum musgo para cobertura do solo. Seja criativo e transforme o tanque em um oásis de plantas!

Para o equipamento, a coisa mais importante a lembrar é a necessidade de criar uma corrente forte. Você pode obter um sistema de filtração de alta potência para manter a água em movimento. Alternativamente, as bombas submersíveis também funcionam bem.

Aponte a bomba para o lado para circular a água. Não exagere. Você precisará encontrar o equilíbrio certo para criar uma corrente sutil no tanque. Não torne a corrente tão forte que dificulte a vida dos camarões ou peixes!

Potencial Geral de Doenças

O Camarão Vampiro pode sofrer alguns problemas de saúde, sendo infecções bacterianas e fúngicas as mais comuns.

Uma vez que bactérias e esporos fúngicos entram no ambiente fechado do seu tanque, eles podem causar estragos na saúde do seu camarão. Infecções podem atacar tecidos mortos antes de se espalhar para outras partes do corpo.

Infecções parasitárias também são possíveis. O parasita mais comum é Vorticella, que geralmente entra em um tanque através de plantas e rochas. Quando o seu camarão ingere a matéria vegetal, eles estão consumindo inadvertidamente o parasita também.

O Camarão Vampiro pode sofrer doenças a qualquer momento. No entanto, eles são mais vulneráveis ​​ao mudar de casca. O camarão irá descartar suas velhas cascas a cada dois meses, aproximadamente. Após a muda, sua nova casca é fina e macia, o que os coloca em risco de infecção.

A maioria dos camarões se esconderá por alguns dias após a muda para ficar longe de possíveis perigos.

A boa notícia é que a maioria das doenças fúngicas, bacterianas e parasitárias são tratáveis.

Evite usar medicamentos à base de cobre, pois eles podem ser fatais para o camarão. Em vez disso, opte por medicamentos seguros para invertebrados. Basta colocar em quarentena o camarão doente e seguir as instruções na embalagem.

Alimentação e Dieta

Seus Camarões Vampiro obterão a maioria de seus nutrientes se alimentando por conta própria, o que é um conceito desconhecido para muitos aquaristas iniciantes.

Esses camarões geralmente começam a se alimentar assim que o sol começa a se pôr. Eles vão para uma parte do tanque que está recebendo a corrente.

Uma vez lá, eles estenderão suas ventoinhas e capturarão alimentos. Às vezes parece que os camarões estão acenando! Os camarões vampiros comerão de tudo, desde detritos de plantas, microrganismos minúsculos, restos de comida, vários tipos de algas de aquário e qualquer outra coisa que possam pegar!

Dito isso, você também pode fornecer alguma alimentação suplementar.

Flocos de peixe esmagados ou péletes funcionam bem. No entanto, recomendamos tentar produtos alimentares em pó. Espinafre em pó, comida em pó para alevinos, fitoplâncton e zooplâncton funcionam bem.

Nota do Autor: Há uma técnica que você precisará conhecer se quiser alimentá-los corretamente. Polvilhe algumas pitadas de comida a montante. A corrente transportará os alimentos para o camarão, onde eles poderão pegá-los!

Comportamento e Temperamento

Os Camarões Vampiro são naturalmente dóceis e tímidos. Eles se dão bem com outras espécies de camarão e até podem viver com outros da mesma espécie.

Dito isso, a maioria prefere ficar sozinha. Não se sabe que esses invertebrados mostrem quaisquer sinais de agressão, mas eles não gostam de ser incomodados muito.

Na verdade, esses camarões podem sofrer estresse severo na presença de companheiros de tanque muito ativos (mais sobre isso na seção abaixo).

Ao longo da maior parte do dia, os Camarões Vampiro são difíceis de encontrar. Eles passam seus dias escondidos sob pedras ou dentro de plantas. Quando o sol se põe, eles se tornam mais ativos.

Eles caminharão pelo fundo do tanque em busca de alimento. Periodicamente, você os verá levantar as barbatanas para coletar partículas de alimentos. Isso pode acontecer em qualquer lugar no tanque. Mas a maioria dos camarões encontrará um local de alimentação permanente para o qual irá.

Se você tiver vários Camarões Vampiro no tanque, eles até podem compartilhar o local!

Companheiros de Tanque

Se você quiser tornar seu Camarão Vampiro parte de uma comunidade maior, tem várias opções. Essa espécie se sai muito bem com outros camarões. Apesar de serem maiores que os camarões anões populares, eles não são agressivos e não intimidarão os outros.

Seu grande tamanho também abre várias possibilidades para companheiros de tanque peixes. Eles podem conviver com peixes menores pacíficos, pois são grandes demais para se tornarem alvos.

Claro, você deve evitar juntar esses camarões com qualquer espécie de peixe agressivo. Ciclídeos, Goldfish e outras espécies de peixes semi-agressivos só tentarão comer o Camarão Vampiro!

Aqui está uma pequena seleção de companheiros adequados de tanque para o Camarão Vampiro:

Reprodução

A reprodução de Camarões Vampiro em cativeiro é possível, mas não é muito prático. É um processo muito difícil que geralmente não vale o esforço.

A maioria dos Camarões Vampiro vendidos nas lojas é capturada na natureza, pois os métodos de criação em larga escala são muito difíceis até para estabelecimentos consolidados.

Quando os Camarões Vampiro se reproduzem, os jovens passam por vários estágios larvais. Seus ovos eclodem em ambientes de água salgada antes de voltarem para a água doce. Essa mudança ambiental é quase impossível de replicar em cativeiro sem múltiplos tanques e muito cuidado.

É possível, mas o processo é muito complexo para a maioria. Recomendamos evitar quaisquer tentativas e deixar essas criaturas viverem em paz.

Conclusão

Os Camarões Vampiro são fantásticas pequenas criaturas que realmente acrescentam muito ao seu tanque. Sua aparência única e temperamento gentil os tornam uma escolha óbvia para um aquarista que procura algo um pouco diferente!

Esperamos que você tenha gostado deste guia e se sinta preparado para cuidar deles como resultado. Se houver algo que você acha que perdemos, entre em contato e nos avise.

Ana Santos

Ana cultivou um fascínio por aquariofilia desde pequena. Com um olhar atento e uma paixão por peixes, ela criou seu próprio santuário aquático em casa. Hoje, Ana é uma referência na comunidade de aquariofilia brasileira, compartilhando seu conhecimento e promovendo a preservação dos ecossistemas aquáticos através de workshops e palestras. Com dedicação e amor, Ana transformou sua paixão em uma jornada de aprendizado e descobertas constantes no mundo subaquático.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações