Guia de Cuidados com a Enguia-Fita: Dieta e Mudança de Cor

Você está prestes a aprender sobre uma das enguias mais atraentes do oceano e também uma das mais desafiadoras de manter em seu aquário, mas não se deixe desencorajar, se você estiver preparado para o desafio, a Enguia Listrada pode ser a escolha certa para você.

Esperamos que você goste deste guia de cuidados com informações desde a alimentação e dieta até os companheiros, aproveite.

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

As enguias listradas, também conhecidas como Rhinomuraena quaesita, são uma espécie de moreia com coloração e características reprodutivas únicas. Elas são nativas dos oceanos Índico e Pacífico, vivendo em recifes e lagunas entre a África Oriental e a Polinésia Francesa. As listradas são geralmente criaturas tímidas que se mantêm nas frestas e buracos de leitos rochosos acidentados.

Mergulhadores de sorte que conseguem avistá-las nadando entendem a origem de seu nome, pois os peixes ondulam na água como uma fita girando no ar. Os visualmente deslumbrantes peixes são notoriamente difíceis de manter em um aquário e virtualmente impossíveis de reproduzir.

Como todas as moreias, as listradas têm corpos sem escama e carecem de nadadeiras peitorais, dando-lhes uma aparência semelhante a cobras. Suas mandíbulas estão em constante movimento. Enquanto suas fileiras de dentes afiados fazem parecer uma tática de intimidação, é simplesmente uma técnica de respiração. As listradas devem continuamente mover a água sobre as brânquias para obter oxigênio.

Nota do Autor: Essas criaturas são mais adequadas para aquaristas experientes com aquários bem desenvolvidos e tempo para treinar uma enguia selvagem.

Aparência e Mudança de Cor

As enguias listradas têm corpos alongados e finos que apresentam uma alta barbatana dorsal percorrendo o comprimento de seu corpo, contribuindo para o efeito de fita quando nadam. Essas enguias têm um rosto e focinho semelhantes a outras enguias moreias, mas as listradas têm narinas infladas. Suas bocas apresentam fileiras de dentes em forma de agulha, pois esses peixes agarram e rasgam a presa à medida que nada ao lado de seu esconderijo. Seus dentes ajudam a enguia a se agarrar aos escorregadios peixes que tentam se soltar da mordida.

As enguias listradas passam fascinantemente pelas mudanças de cor e sexo explicadas abaixo como parte de seu ciclo de vida.

  • Enguia Listrada Preta. Todas as listradas nascem machos e começam com uma cor preta e barbatana dorsal amarela.
  • Enguia Listrada Azul. À medida que a enguia atinge a idade adulta, seu corpo muda para um vibrante azul elétrico, mantendo sua barbatana dorsal amarela. A boca também fica amarela nesta fase.
  • Enguia Listrada Amarela. Finalmente, quando a enguia faz a transição para fêmea, fica amarela e se alonga. Essa mudança é o estágio final do ciclo de vida do peixe.
enguia listrada

Nota do Autor: Embora essas mudanças de cor sejam padrão, biólogos marinhos observaram algum desvio nas listradas em cativeiro.

Enguias de um aquário foram capazes de fertilizar fêmeas durante seu estágio preto, indicando que já haviam atingido a idade adulta. Cientistas especulam que a ausência de mudanças de cor pode resultar de viver em cativeiro e da falta de nutrientes adequados.

Cuidado com o Camarão-Pistola: Alimentação e CaracterísticasCuidado com o Camarão-Pistola: Alimentação e Características

Expectativa de Vida

As enguias listradas selvagens podem ter uma expectativa de vida de até 20 anos. Sua propensão a explorar rochas e se esconder em túneis fornece uma excelente defesa contra predadores. As listradas em cativeiro sobrevivem apenas por alguns anos devido à dificuldade de alimentá-las e seu tamanho relativamente grande. Alguns especialistas especulam que o cianeto usado para capturar as enguias causa danos a longo prazo que reduzem o apetite e a longevidade.

Tamanho Médio

O tamanho dos machos listrados geralmente é de 26 a 40 polegadas de comprimento, enquanto as fêmeas podem crescer até 51 polegadas.

enguias listradas

Cuidados com a Enguia Listrada

As enguias listradas são um peixe desafiador de se cuidar, exigindo condições de tanque precisas e muito espaço. Os peixes não conseguem se reproduzir com sucesso em cativeiro, então os únicos disponíveis para compra são capturados na natureza. Esse fato se soma ao desafio, pois as enguias podem não estar adaptadas ao tanque quando você as introduz em seu aquário.

Embora a sabedoria convencional dicte que os aquaristas isolem todos os peixes em um tanque de espera antes de introduzi-los em seu tanque principal, alguns especialistas sugerem o contrário com as listradas. Essas enguias precisam de muitos esconderijos para minimizar o estresse. Criar tais condições em um tanque de espera geralmente não é realista, dificultando a alimentação e condicionamento da enguia.

Tamanho do Aquário

Para enguias listradas, os especialistas recomendam um tamanho mínimo de aquário de 55-galões. Embora essas enguias passem a maior parte do tempo enroladas entre as pedras, elas precisam de espaço adequado para explorar.

Nota do Autor: Seu tanque deve ser selado ou ter tela de proteção em cada abertura. As enguias listradas são boas puladoras e tentarão escapar. Felizmente, elas podem sobreviver até 12 horas fora da água. Se você encontrar sua lista no chão ao redor de seu tanque, confirme que está morta antes de descartar seus restos.

Parâmetros da Água

  • Temperatura da água: 26°C à 28°C
  • Níveis de pH: 8 a 8,2
  • Dureza da água: 8 a 12 dKH
  • Gravidade específica: 1.023 a 1.025

Além disso, as listradas são suscetíveis à acumulação de amônia, nitrito e nitrato na água. Mantenha os níveis o mais próximo possível de zero e use um escumador de proteínas para remover a matéria orgânica morta.

O que colocar no tanque

As listradas selvagens passam seu tempo entre rochas, com os rostos expostos por buracos e túneis, esperando a presa passar. Faça o possível para simular essas condições em seu tanque. Forneça rocha viva suficiente para que a lista explore, deixando frestas e espaços para o peixe se esconder.

Ao preparar o tanque, fixe pedaços maiores de rocha usando epóxi ou amarras de cabo. Sua lista pode perturbar e desalojar a rocha enquanto explora, causando colapsos potenciais. Os especialistas também sugerem colocar uma rede de túneis sob o substrato usando tubos de PVC.

Essa rede dá à enguia espaço para vagar. Criar uma abertura para a superfície do fundo do seu tanque em um ângulo de 45 graus simulará o habitat natural da enguia, possivelmente reduzindo seu nível de estresse.

Cuidado com o Peixe-Gato de Vidro: Companheiros de Aquário e MaisCuidado com o Peixe-Gato de Vidro: Companheiros de Aquário e Mais

Doenças comuns possíveis

O problema de saúde mais comum que afeta as enguias listradas é o envenenamento por amônia e nitrato. Esses compostos inorgânicos são um subproduto inevitável de manter peixes. Filtragem e fluxo de água adequados são essenciais para manter níveis toleráveis. O comportamento alimentar exigente e o período de vida relativamente curto das listradas em cativeiro tornam difícil recuperá-las.

Embora as listradas sejam carnívoras predadoras, elas não são particularmente agressivas. Seus corpos longos as tornam vulneràs à ataque de peixes grandes e agressivos e outros predadores. Embora seja possível manter listradas com outras espécies de enguias, suas listradas finas podem ser atacadas por um conflito por espaço nas pedras.

Alimentação e Dieta

A dieta das enguias listradas é um pouco desafiadora, já que é difícil mantê-las nutridas. Elas são comedoras exigentes. Muitas enguias morrerão de fome à medida que rejeitam repetidamente a comida. Em geral, as enguias comem qualquer coisa que caiba em suas bocas, incluindo peixes ou invertebrados. As listradas não devem residir com palhaços, donzelas, gobies (amamos o Mandarim Goby), ou outras espécies menores.

Ao selecionar sua lista, é sempre melhor perguntar ao vendedor para uma demonstração de alimentação. As enguias disponíveis para venda são sempre capturadas na natureza, então elas devem ser ensinadas a aceitar alimentos. Você provavelmente terá mais sucesso com uma lista juvenil. Eles serão os mais fáceis de condicionar a caçar em seu tanque ou aceitar alimentos mortos. As fêmeas são as mais difíceis de manter porque são as mais velhas e têm dificuldade de se adaptar à vida no tanque.

Ótimas comidas introdutórias incluem Rosy Reds vivos, Guppies ou pequenos Goldfish (veja Tipos de Goldfish). Peixes de cores vivas são uma excelente opção porque as listras têm visão ruim e caçam principalmente pelo olfato. Peixes de cores vívidas maximizarão a percepção. Essas espécies são peixes de água doce e não se adaptarão ao seu tanque se a enguia não os consumir prontamente.

goldfish
Um goldfish comum como este seria uma ótima opção para incluir na dieta da enguia listrada.

As mollys são outra excelente opção. Elas têm um bom tamanho, são relativamente baratas e podem se adaptar à água salgada. As mollys também vêm em muitas cores, para que você possa tentar envolver sua enguia por tentativa e erro até encontrar a presa correta.

Se o seu tanque puder acomodar várias enguias listradas, isso aumentará sua taxa de sucesso. Os machos vivem juntos pacificamente e até compartilham túneis e buracos. Ter um grupo de enguias inicia uma resposta de frenesi alimentar que pode persuadir todo o grupo a comer.

Você pode tentar nutrir sua lista com peixes ou frutos do mar mortos em um galho de alimentação, mas muitos aquaristas descobrem que a enguia não se engajará. Escolher o menor galho de alimentação e agitar a comida na entrada da caverna do peixe pode atraí-lo para fora.

Nota do Autor: Colocar a comida na frente da enguia aumenta a chance dela sentir o cheiro. Lula, camarão, mexilhões, peixe e sardinhas são todas opções viáveis. Variar a dieta do peixe ajudará a mantê-los engajados nas refeições.

Comportamento e Temperamento

As listradas são carnívoras predadoras consideradas semi-agressivas. Elas são mais ativas durante o dia. Elas geralmente passam seu tempo em sistemas de túneis ou entre as pedras, tirando vantagem do abrigo. Se estiverem com fome e adaptadas ao seu tanque, elas agarrarão peixes do tamanho de uma mordida que nadam ao seu lado.

Dicas e Cuidados Essenciais para o Oranda GoldfishDicas e Cuidados Essenciais para o Oranda Goldfish

Essas enguias são relativamente territoriais e estalam para outros peixes que tentam entrar ou até se aproximar de seu esconderijo. Mais agressão aberta geralmente só é exibida quando a enguia está estressada por falta de esconderijos, o que a deixa se sentindo vulnerável.

Companheiros da Enguia Listrada

As enguias listradas fazem excelentes companheiras de tanque uma para a outra, desde que haja espaço adequado. Grupos de machos são relativamente dóceis uns com os outros. Manter duas ou mais enguias machos pode facilitar a tentação de alimentá-los.

Qualquer espécie de peixe que cresça demais para a lista comer é um companheiro de tanque aceitável.

As opções sólidas incluem:

  • Peixes-anjo (veja este Imperador Anjo)
  • Garoupas
  • Peixe-leão
  • Peixe-coelho
  • Cirurgiões

A enguia ficará no fundo para caçar e não se envolverá com espécies maiores. Certifique-se de monitorar as refeições se você estocar o tanque com alimentos vivos. As listras geralmente não competirão com outros peixes predadores por presas.

Reprodução

A reprodução de enguias listradas em cativeiro é rara. Biólogos observaram ovos fertilizados com sucesso em aquários, mas os jovens não sobreviveram além do estágio larval. Machos e fêmeas interagem apenas para acasalar, complicando ainda mais a reprodução porque você deve ter um tamanho de tanque para acomodar ambas as enguias.

Depois que o macho fertiliza os ovos da fêmea e eles amadurecem, ela libera leptocefali, uma larva transparente em forma de folha. Os minúsculos leptocefali sobem à superfície, onde consomem nutrientes dissolvidos. Eventualmente, eles se desenvolvem em elvers e viajam abaixo da superfície para encontrar um habitat rochoso. As enguias listradas juvenis são solitárias.

Outras Enguias Listradas

As enguias listradas pertencem à família das moreias, um peixe bem adaptado que é um excelente caçador e prospera na natureza em recifes e lagunas. Os parentes incluem:

Enguia Listrada Branca

Conhecida cientificamente como Pseudechidna brummeri, a enguia listrada branca ou fantasma também é nativa dos recifes e lagunas do Pacífico Ocidental. Essas enguias também são finas, mas atingem apenas cerca de 40 polegadas de comprimento. Elas têm corpos brancos com cabeças e rostos pontilhados de preto. As listradas brancas às vezes ficam de um tom marrom claro à medida que envelhecem. Ao contrário de seus parentes, elas são noturnas.

Essas enguias são consideradas mais fáceis de manter do que as listradas, mas têm o mesmo desafio inicial de estabelecer uma rotina alimentar. Elas podem ser condicionadas a aceitar frutos do mar mortos, mas também comem pequenos crustáceos.

enguia listrada branca

Moreia Nebulosa

As moreias nebulosas ou Echidna nebulosa, outro membro da família Muraenidae, são brancas com um padrão manchado preto por seus corpos. Elas atingem apenas 24 polegadas de comprimento. Como todas as moreias, prosperam quando têm muito espaço para se esconder entre as rochas. Ao contrário das enguias listradas, elas têm dentes embotados usados para esmagar as cascas dos crustáceos e invertebrados de que se alimentam.

Conclusão

A enguia listrada pode não ser o peixe mais fácil de adicionar ao seu aquário, mas se você for um especialista ou conhecer um, deverá ser capaz de lidar com ela. Não se esqueça de consultar regularmente nossos guias, pois podemos ter algumas outras dicas para enguias e peixes de água salgada e, como sempre, não se esqueça de compartilhar suas histórias de como você tem cuidado do seu aquário.

Maria Oliveira

Maria é uma entusiasta da aquariofilia, dedicando seu tempo livre ao cuidado de seus aquários meticulosamente montados. Apreciadora da tranquilidade que seus peixes proporcionam, Maria mergulha profundamente no estudo das diferentes espécies, tornando-se uma referência em seu círculo social para tudo que diz respeito a esse fascinante hobby. Com paciência e dedicação, ela cultiva não apenas belos ambientes aquáticos, mas também um espaço de serenidade e beleza em sua própria vida.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações