Peacock Eel: Tudo Sobre Cuidados e Alimentação

As enguias pavão são peixes de água doce únicos que também são muito incompreendidos. Na verdade, a maioria dos aquaristas não sabe muito sobre eles!

Este guia mostrará o que você está perdendo.

Abordamos cuidados, companheiros de tanque, alimentação, tamanho, expectativa de vida, comportamento e mais. Você estará ansioso para conseguir um para si mesmo quando terminar de ler!

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

A enguia pavão (Macrognathus siamensis) é uma criatura aquática única que pode adicionar toneladas de biodiversidade ao seu tanque. Esses peixes de água doce têm muitos nomes diferentes. Você pode vê-los chamados de enguia espinhosa siamesa, enguia espinhosa de nadadeira pontilhada ou até mesmo enguia pavão listrada.

Nota do Autor: Embora todos esses apelidos se refiram a essas criaturas como enguias, tecnicamente elas não são enguias de verdade! Esses peixes tropicais têm corpos alongados como enguias. No entanto, eles não estão na mesma família!

Esses peixes vêm de corpos de água quase estagnados no Sudeste Asiático. Eles são mais prevalentes nas bacias dos rios Mekong, Chao Phraya e Maeklong.

Na comunidade de aquarismo, as enguias pavão são uma espécie excêntrica com a qual muitos aquaristas sonham em possuir. Embora muitos acreditem que elas são desafiadoras de se cuidar, elas são surpreendentemente gerenciáveis com um pouco de know-how!

Aparência

A confusão de identidade desse peixe se resume à sua aparência! 

A enguia pavão tem um corpo esguio e alongado com um focinho pontiagudo. Mas, ao contrário de uma verdadeira enguia, esse peixe tem nadadeiras dorsais, anais e caudais separadas. A separação é sutil, o que só aumenta a confusão!

Uma enguia pavão

Curiosamente, a nadadeira dorsal apresenta espinhos afiados. Eles são difíceis de ver, mas os espinhos podem causar danos graves se você não tomar cuidado. Tenha cautela sempre que trabalhar no tanque ou mover o peixe com uma rede!

Peixe Platy 101: Cuidados, Tipos e DietaPeixe Platy 101: Cuidados, Tipos e Dieta

Para a cor, a enguia pavão geralmente é amarelo-esverdeada ou amarronzada. Uma linha amarela brilhante definida corre lateralmente do focinho à nadadeira caudal. É um acento vibrante que também acentua a coloração mais escura.

Nota do Autor: Na parte traseira do peixe, você encontrará entre três e seis olhos falsos. Esses pontos são pretos escuros e apresentam um perímetro amarelo ou branco. Os pontos são uma forma de mimetismo que funciona para confundir possíveis predadores na natureza!

Expectativa de Vida

Esses peixes são um investimento de longo prazo. Embora não haja garantias com a expectativa de vida, a expectativa de vida típica da enguia pavão é de oito a 18 anos!

Geralmente, condições de água impecáveis e uma dieta de primeira linha ajudarão esses peixes a viver mais perto do limite superior da expectativa de vida. Por outro lado, cuidados medíocres só aumentarão seus riscos de doenças e morte prematura. 

Claro, a genética e a sorte também entram em jogo. Mas a qualidade dos cuidados que você oferece terá um grande impacto no tempo que você terá com sua enguia pavão.

Tamanho Médio

Esses peixes são bastante grandes em comparação com as espécies tropicais convencionais. O tamanho médio da enguia pavão geralmente é de cerca de 12 polegadas de comprimento!

Nota do Autor: Vale ressaltar que eles só atingirão esse tamanho total se viverem em um aquário maior. Geralmente, as enguias pavão em cativeiro atingirão no máximo cerca de nove polegadas.

Cuidados com a Enguia Pavão

Muitos assumem que cuidar da enguia pavão é difícil. Embora certamente tenham seus desafios, esses peixes de água doce não são tão exigentes quanto se pode pensar!

Desde que você siga as diretrizes de cuidados abaixo, seu peixe não deve ter problemas para viver uma vida longa e feliz.

Tamanho do Tanque

O tamanho de tanque recomendado para a enguia pavão é de 40 galões ou mais. Alguns aquaristas tiveram sucesso em aquários com capacidade mínima de 20 galões. No entanto, sempre recomendamos ir além com um peixe grande como a enguia pavão.

Guia Completo para Cuidados com Caranguejo FiddlerGuia Completo para Cuidados com Caranguejo Fiddler

Um tanque maior proporciona mais espaço para vagar (resultando em melhor enriquecimento). Além disso, dá ao peixe mais espaço para atingir seu verdadeiro potencial de tamanho.

Parâmetros da Água

É vital preparar o ambiente subaquático com base nas necessidades de sua enguia pavão. O melhor a se fazer é imitar o habitat natural delas o mais próximo possível.

As enguias pavão são peixes tropicais de água doce que vêm do Sudeste Asiático. Elas vivem em rios de movimento lento, geralmente densos em vegetação e vida animal. Felizmente, esses peixes podem tolerar uma ampla faixa de parâmetros.

  • Temperatura da água: 73°F a 82°F (abaixo de 29 graus é ideal)
  • Níveis de pH: 6,5 a 7,5 (vise a neutralidade)
  • Dureza da água: 6 a 25 GH

Nota do Autor: Para monitorar esses parâmetros da água, você deve investir em um kit de testes de água confiável para seu aquário. Isso facilitará o acompanhamento da saúde do seu tanque e a realização de ajustes quando necessário.

Decoração do Tanque

O cuidado adequado da enguia pavão deve incluir a configuração de um habitat ideal. Esses peixes têm personalidades e necessidades peculiares para as quais você deve planejar.

O mais importante é ter uma camada espessa de substrato de areia. As enguias pavão são escavadoras que gostam de esconder a maior parte do corpo nos leitos dos rios. Cascalhos, pedras e seixos podem machucar o corpo do peixe.

Crie um fundo arenoso com pelo menos quatro polegadas de profundidade.

Em seguida, adicione vários esconderijos em todo o tanque. Use muitos objetos decorativos nos quais seu peixe possa deslizar. Algumas boas opções incluem cavernas de pedra falsa, madeira morta e tubos de PVC.

Macrognathus siamensis

O que quer que você use, certifique-se de que não há arestas afiadas que possam machucar o peixe.

Também é uma boa ideia adicionar plantas. No entanto, você pode encontrar alguns problemas com o arrancamento. 

Water Sprite Plant: Guia Completo para Cuidados e PlantioWater Sprite Plant: Guia Completo para Cuidados e Plantio

Se isso acontecer, replante a vegetação em um local onde sua enguia pavão não vá. Alternativamente, você pode utilizar plantas flutuantes ou de seda fixadas no vidro.

Para manter o ambiente calmo, ajuste as saídas do filtro para reduzir o fluxo o máximo possível. Esses peixes não gostam de movimento significativo na água.

Nota do Autor: Complete tudo com uma tampa segura. As enguias pavão são notórias fugitivas! Seus corpos finos tornam fácil para eles passarem por espaços apertados. Não só isso, mas também são saltadores poderosos.

Possíveis Doenças Comuns

As enguias pavão não são mais ou menos suscetíveis a doenças do que qualquer outro peixe tropical de água doce. Elas podem encontrar todos os problemas de saúde habituais.

A doença das pontinhas brancas (também conhecida como Ich) é uma condição comum a se precaver. É um ciliado parasitário que pode se espalhar rapidamente por um tanque comunitário. A doença causa pontos brancos a se formarem por todo o corpo.

Embora seja uma doença mortal, também é muito tratável se detectada precocemente. Coloque em quarentena qualquer peixe infectado e forneça medicamentos disponíveis sem prescrição para aliviar os sintomas.

Infecções fúngicas também são um problema comum com enguias pavão. Tipicamente, problemas fúngicos aparecem como crescimentos semelhantes à lã sobre a pele, boca ou brânquias do peixe. Como o Ich, as infecções podem se espalhar se você não fornecer tratamento.

A boa notícia é que muitas das doenças aquáticas mais prevalentes podem ser evitadas com cuidados adequados e manutenção do tanque.

Monitore regularmente as condições da água. Teste a temperatura e os níveis de pH para garantir que o habitat esteja perfeito para sua enguia pavão.

Para evitar grandes problemas, faça mudanças parciais de água a cada duas ou quatro semanas. Mudanças de 25% manterão os níveis de amônia e nitrato baixos.

Alimentação e Dieta

As enguias pavão podem ser um pouco exigentes quando se trata de comida. Na verdade, é um dos aspectos mais difíceis dos cuidados com a enguia pavão!

Enquanto a maioria dos peixes está mais do que disposta a comer, esse não é o caso dessas criaturas. 

Na natureza, elas emergirão à noite para encontrar alimentos ricos em proteínas. Uma dieta semelhante é a melhor para a vida em cativeiro.

Você pode fornecer larvas de insetos, vermes de sangue, minhocas, artêmias e mais. Eles consumirão refeições vivas, liofilizadas e congeladas.

A alimentação direcionada é o método preferido para muitos aquaristas. Use uma pipeta ou seringa para entregar a comida diretamente ao seu peixe. Isso garante que eles estejam recebendo o sustento de que precisam antes que outros companheiros de tanque possam roubá-lo.

Nota do Autor: Pode ser necessário algum experimento para encontrar o cronograma de alimentação adequado para sua enguia pavão. A maioria dos proprietários descobre que os peixes comem apenas duas ou três vezes por semana.

Comportamento e Temperamento

Contrariamente à crença popular, as enguias pavão são bastante dóceis. Elas são bastante tímidas em comparação com outros peixes tropicais populares.

Elas preferem passar seus dias relaxando em esconderijos ou enterrando-se sob o substrato. Você verá o peixe enterrar a maior parte do corpo sob a areia. A única exceção é a cabeça, que fica para fora para observar o tanque!

Nota do Autor: O enterramento é um comportamento normal e saudável, mas essas enguias não devem fazê-lo o tempo todo. Se sua enguia pavão estiver passando todo o tempo no substrato, pode ser um sinal de que você não tem esconderijos suficientes no tanque para deixá-los confortáveis.

Não espere ver esses peixes circulando durante o dia. Eles são primariamente noturnos e só emergem quando as luzes se apagam.

As enguias pavão podem se dar bem com a maioria dos peixes. A única exceção são outras enguias pavão. 

Sabe-se que ficam territoriais contra aqueles de sua própria espécie, portanto, é melhor ter apenas uma enguia pavão por tanque.

Companheiros de Tanque da Enguia Pavão

Acredite ou não, as enguias pavão são fantásticas peixes comunitários! Elas são tranquilas e gostam de ficar sozinhas. Como resultado, você pode mantê-las com outras sem problemas.

Devido ao seu tamanho, é melhor evitar peixes pequenos. Apesar de sua natureza gentil, as enguias pavão tratarão animais pequenos como alimento. Peixes comunitários comuns como Tetras Neon estão fora de questão. O mesmo vale para caracóis, caranguejos e invertebrados pequenos.

Mantenha-se com peixes maiores que a boca da enguia pavão para manter a paz!

Alguns bons companheiros de tanque para a enguia pavão incluem:

Reprodução

Reproduzir enguias pavão em cativeiro é muito difícil. Na verdade, a maioria argumentaria que é impossível em um ambiente fechado como um aquário doméstico.

Na natureza, esses peixes desovam durante a estação chuvosa, quando o ambiente inunda. Se um par decidir se reproduzir, eles se perseguirão em uma exibição de corte.

As fêmeas então depositam ovos pegajosos em plantas flutuantes. Após três ou quatro dias, os ovos eclodirão.

Alguns criadores teorizam que fornecer um fluxo contínuo de água nova para um ambiente fechado poderia simular as condições de inundação e desencadear a desova. No entanto, replicar essas circunstâncias em um aquário é quase impossível. Por esse motivo, os criadores não tiveram muito sucesso com a enguia pavão.

Se surgir uma mudança na estratégia de reprodução, temos o compromisso de atualizar este guia para incluir o sucesso que outros tiveram com.

Considerações Finais

O cuidado com a enguia pavão é muito mais fácil do que a maioria dos aquaristas percebe. Esses peixes são de manutenção relativamente simples, bastante pacíficos e muito divertidos de observar!

Esperamos que este guia tenha sido útil e encoraje você a dar uma chance a essa espécie. Elas são realmente bastante especiais!

João Silva

João, um dedicado aquarista desde a infância, é conhecido pela sua paixão pela aquariofilia. Através do cuidado meticuloso com os seus aquários, João cria verdadeiros santuários subaquáticos, onde a beleza e a harmonia reinam, proporcionando aos entusiastas e aos peixes ambientes seguros e esteticamente agradáveis.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações