Peixe Espadarte 101: Cuidados, Tamanho e Reprodução

Os peixes espada cauda são uma espécie de água doce adorável e popular na comunidade de aquarismo. Devido à sua beleza e natureza de baixa manutenção, esses peixes são ótimas escolhas para iniciantes (ou especialistas que não querem nenhum problema).

Este guia vai ensinar-lhe os fundamentos dos cuidados com o peixe espada cauda. Você aprenderá sobre sua dieta, expectativa de vida, tamanho, companheiros de tanque, configuração de habitat e muito mais!

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

Os peixes espada cauda (Xiphophorus helleri) são uma espécie de água doce sempre popular que vem da América do Norte e Central. Pertencem à família Poeciliidae e estão intimamente relacionados a outros peixes comuns como o platy e o guapinho. Como outros da família Poeciliidae, esses peixes são prolíficos vivíparos que estão mais do que dispostos a desovar em cativeiro (mais sobre isso mais tarde).

No comércio de aquários, os peixes espada cauda estão entre os mais vendidos. Eles estão prontamente disponíveis na maioria das lojas de animais de estimação e são favoritos entre os criadores.

Um peixe macho espada cauda

Graças à sua propensão para cruzamentos interespecíficos e facilidade de manutenção, muitas cores e variações diferentes existem. Combine isso com a sua aparência já icônica, e você tem uma espécie que está madura para exibição!

Aparência

A característica mais definidora do peixe espada cauda é a nadadeira caudal alongada do macho. O lobo inferior é alongado, criando uma protuberância em forma de espada que pode ser tão comprida quanto o resto do corpo.

Nota do Autor: As fêmeas não têm o lobo mais longo, portanto é fácil diferenciar os sexos para reprodução.

Além desse traço característico, o peixe espada cauda tem um tipo de corpo muito "padrão"! Eles parecem impressionantemente semelhantes ao platy do sul. Os peixes espada cauda têm o mesmo corpo aerodinâmico, nadadeira caudal larga, focinho pontiagudo e boca virada para cima. Os peixes são mais largos onde as nadadeiras dorsais e pélvicas aparecem na seção média.

Em termos de cor, há muita variedade! Espécimes selvagens geralmente têm uma base verde-oliva e uma lista lateral marrom que passa pela espada. No entanto, o cruzamento interespecífico deu aos aquaristas todas as opções estéticas únicas.

Alguns dos morfos mais disseminados são vermelho, laranja e preto. No entanto, peixes espada cauda multicoloridos e variedades exóticas com padrões distintos também existem.

Tetra Pristella (Raio-X): Guia Completo de CuidadosTetra Pristella (Raio-X): Guia Completo de Cuidados

Expectativa de vida

A expectativa média de vida do peixe espada cauda é de cerca de três a cinco anos. Peixes mantidos nas melhores e mais estáveis ​​condições de vida tendem a viver mais.

Não há como prever isso com certeza, pois a sorte e as predisposições genéticas podem afetar a expectativa de vida de um peixe espada cauda. Dito isso, o nível de cuidados que você fornece terá um grande impacto nisso.

Tamanho médio

São peixes de água doce de tamanho médio. O tamanho médio do peixe espada cauda é de cerca de 5,5 polegadas de comprimento quando totalmente crescido.

Nota do Autor: Os machos são os menores do bando, apesar da cauda alongada. Eles raramente excedem o comprimento listado acima. Por outro lado, as fêmeas costumam crescer cerca de uma polegada a mais!

Cuidados com o peixe espada cauda

O cuidado com o peixe espada cauda é bastante simples, já que esses peixes são adaptáveis ​​e não muito exigentes. Em outras palavras, eles são fáceis de manter saudáveis! Eles prosperam em uma ampla gama de ambientes e perdoam muito os erros comuns de iniciantes.

Claro, esses peixes ainda têm suas preferências. Para os melhores resultados, siga as diretrizes de cuidados estabelecidas abaixo.

Tamanho do Aquário

A primeira coisa a considerar é o tamanho do aquário. Alguns aquaristas tiveram sucesso mantendo peixes espada cauda em aquários de água doce que contêm tão pouco quanto 10 galões.

No entanto, a maioria recomenda começar com um mínimo de 15 galões. Esses peixes são bastante ativos e o espaço extra fará bem a eles.

Agora, tenha em mente que um aquário de 15 galões é o melhor para um único peixe espada cauda. É provável que você vá manter um pequeno grupo! Grupos maiores são melhores para o desenvolvimento social deles (mais sobre isso depois).

Se esse for o caso, vise um aquário de 30 galões ou maior. Aquários maiores são sempre melhores para grupos ou se você estiver planejando manter um monte de peixes comunitários juntos.

Zebra Danio 101: Guia Prático de Cuidados e TamanhoZebra Danio 101: Guia Prático de Cuidados e Tamanho

Parâmetros da água

A distribuição natural do peixe espada cauda na natureza é surpreendentemente ampla. Geralmente, esses peixes de água doce vivem em riachos e rios quentes com muita vegetação. Embora venham de muitos lugares da América do Norte e Central, eles são mais prevalentes em Belize, Guatemala e México.

Xiphophorus helleri nadando sozinho

Curiosamente, o peixe espada cauda pode viver em praticamente qualquer ambiente com água doce. Seja em um riacho raso de montanha ou em um rio profundo, eles se adaptarão. Os peixes espada cauda até prosperam em estuários salobros perto da costa!

Este estilo de vida adaptativo é em parte o motivo pelo qual o cuidado com o peixe espada cauda é uma tarefa tão simples. Você tem uma faixa generosa de condições com ampla margem de manobra para acertar!

  • Temperatura da água: 65°F a 82°F (75 a 79 graus parece ser o ponto ideal)
  • Níveis de pH: 7,0 a 8,4 (levemente alcalino)
  • Dureza da água: 12 a 35 dGH (muito dura)

Como decorar o aquário

O melhor a fazer para qualquer peixe é fornecer uma configuração de biótopo natural que mimetize seu ambiente natural. Mais uma vez, a versatilidade do peixe espada cauda torna isso uma tarefa bastante fácil.

As coisas mais importantes que os peixes espada cauda precisam são espaço e algumas plantas para se esconderem.

Essa espécie é ativa e gosta de nadar pelo aquário para exercitar-se e brincar. Eles tendem a ficar nas partes média e superior da coluna de água. Como resultado, ser exigente sobre o material do substrato não é algo sobre o que você precisa pensar quando se trata do seu peixe espada cauda. Em vez disso, escolha um que seja adequado para quaisquer peixes de fundo que você possa ter na comunidade.

Você pode usar cavernas de pedra maior ou madeira à deriva para criar algumas formas adicionais de abrigo. No entanto, não há garantia de que seu peixe espada cauda usará. Isso é especialmente verdadeiro se a decoração estiver perto da parte inferior do aquário.

É melhor concentrar-se em plantas. Você pode usar plantas vivas ou artificiais de seda. Plantas vivas farão mais para melhorar o ambiente subaquático.

Você pode usar qualquer planta que seja segura e forneça cobertura adequada.Algumas das cultivares mais populares são Java fern, Anubias e grama anã. Apenas certifique-se de deixar espaço aberto para natação.

Nota do Autor: Além de algumas plantas e espaços para se esconder, o único outro acessório crucial é uma tampa de aquário resistente! Os peixes espada cauda são saltadores poderosos, portanto, não é incomum ver esses peixes saltando da água para a morte abaixo. Uma tampa segura impedirá esses contratempos!

Bucktooth Tetra 101: Alimentação e Nível de AgressãoBucktooth Tetra 101: Alimentação e Nível de Agressão

Doenças comuns possíveis

Como outras espécies vivíparas, os peixes espada cauda são muito resistentes. Eles tendem a ter mais facilidade para permanecer saudáveis ​​do que outros peixes ovíparos.

Mas, claro, nenhum peixe é imune à doença! Os peixes espada cauda podem sofrer de todas as doenças comuns.

Ich é uma das doenças de saúde mais generalizadas no mundo da aquariofilia. É um ectoparasita que arrasa o sistema imunológico de um peixe. Tipicamente, manifestando-se como pontos brancos por todo o corpo, é importante tratá-lo o mais rápido possível.

Essa doença é altamente contagiosa e pode rapidamente dizimar uma comunidade inteira. Felizmente, é relativamente fácil de tratar com quarentena e medicamentos de venda livre.

O mesmo se aplica a outro problema de saúde comum, o fungo. Os peixes espada cauda podem sofrer de uma infecção fúngica que muitos chamam de boca de algodão. Ela causa crescimento felpudo ao redor das barbatanas e da boca. Na maioria dos casos, os antibióticos cuidarão dos fungos.

A melhor maneira de evitar doenças é ficar em cima das condições do tanque. Monitore os parâmetros de perto (invista em um kit de teste de água de aquário) e faça mudanças de água a cada duas semanas, mais ou menos.

Nota do Autor: Os peixes espada cauda parecem cair vítima de doenças após grandes flutuações de temperatura. Altos níveis de amônia e nitratos podem causar estresse desnecessário, o que também aumenta seus riscos.

Alimentação e Dieta

Os peixes espada cauda são onívoros naturais que comem praticamente qualquer coisa na natureza. Larvas de insetos, detritos de plantas e minúsculos micro-organismos geralmente são o prato principal.

Os peixes espada cauda se saem melhor com uma dieta variada de alimentos comerciais e snacks ocasionais de alto teor protéico em ambiente de aquário. Fique com flocos ou péletes ricos em nutrientes. Para fornecer alguma culinária à base de plantas, ofereça wafers de algas de vez em quando.

Uma variedade rara de peixe espada cauda

Esses peixes apreciam alimentos vivos, congelados e desidratados também. Camarão salmoura, dáfnia, vermes de sangue e todos os petiscos de alto teor protéico habituais funcionam.

Os juvenis devem ter um pouco mais de proteína do que o habitual. Eles precisam de muitos alimentos à base de proteínas para crescerem.

Para adultos e filhotes, duas ou três pequenas refeições por dia é o ideal. Forneça alimento suficiente para que seus peixes comam em dois minutos durante cada refeição. Se sobrar alguma sobra, peneire-as para evitar estragar as condições da água.

Comportamento e temperamento

Esta espécie é fantástica para comunidades. Um dos motivos pelos quais o cuidado com o peixe espada cauda é tão gerenciável é que eles são naturalmente pacíficos e bastante amigáveis. Durante o dia, eles interagem com outros peixes enquanto exploram as partes superiores da coluna de água.

Embora não seja uma espécie cardume, os peixes espada cauda preferem ficar na companhia de outros. Esses peixes gostam de formar grupos periodicamente antes de sair e fazer suas próprias coisas.

Dito isso, há o potencial de alguma agressão. A única vez em que os peixes espada cauda parecem mostrar comportamento agressivo é quando vários machos estão no mesmo tanque. Os machos podem ser territoriais, portanto, é importante manter uma proporção maior de fêmeas para manter a paz.

Companheiros de tanque

O peixe espada cauda se dá bem com a maioria das espécies de mentalidade semelhante. Eles são pacíficos e passivos.

Ao planejar um aquário comunitário, comece adicionando outros peixes espada cauda. Você nunca deve manter esses peixes sozinhos. Um pequeno grupo para socialização pode fazer muito bem!

Como mencionado anteriormente, você deve manter mais fêmeas do que machos. A proporção recomendada é de quatro fêmeas para um único macho.

Além de outros peixes espada cauda, você tem muitas opções quanto aos companheiros de tanque. Fique com peixes de tamanho semelhante com o mesmo temperamento fácil.

Evite peixes agressivos ou barulhentos. Os peixes espada cauda não conseguem se defender de agressores. Na presença de peixes mais ativos, eles também ficam tímidos e tímidos.

O melhor a fazer é abrigá-los com peixes sociais comuns. Aqui estão algumas excelentes espécies que vale a pena considerar para companheiros de tanque de peixes espada cauda:

Reprodução

A reprodução de peixes espada cauda é um processo simples. Como outros vivíparos, eles são rápidos para desovar em cativeiro. Nas condições certas, as fêmeas podem dar à luz a cada 28 dias!

Embora eles se reproduzam prontamente em seu tanque primário sem qualquer intervenção, é melhor fornecer um ambiente de reprodução separado. Um tanque de reprodução aumenta as chances de sobrevivência dos alevinos.

Aumente gradualmente as temperaturas do tanque de reprodução para cerca de 80 graus. Coloque várias plantas de folhas finas em todo o aquário para dar aos alevinos alguns lugares para se esconderem.

Mantenha as condições do tanque em boa forma e condicione seu par reprodutor com alimentos ricos em proteínas. Quando estiverem prontos, os peixes irão desovar. As fêmeas começarão a inchar com ovos à medida que uma mancha gravídica visível se desenvolve.

Geralmente, as fêmeas grávidas vão para um canto do tanque e ficam lá à medida que se aproximam de dar à luz. Eventualmente, os alevinos de peixe espada cauda totalmente formados emergirão!

Nota do Autor: Certifique-se de remover os adultos depois que a fêmea der à luz. Esses peixes não exibem instintos parentais e imediatamente tentarão comer seus filhotes.

Os alevinos de peixes são muito pequenos para comer flocos ou péletes padrão. Portanto, você deve fornecer alimento em pó para peixes, infusória ou náuplios de artemia recém-eclodidos. Continue alimentando os peixes até que eles estejam grandes o suficiente para comer alimentos tradicionais.

Resumindo

Como você provavelmente percebeu, o cuidado com o peixe espada cauda não é algo a se temer. Esses peixes de água doce são um prazer de se ter e não devem causar problemas.

Desde que você esteja familiarizado com seus requisitos básicos de cuidados e lhes dê a atenção que merecem, seus peixes espada cauda prosperarão.

Esperamos que este guia tenha sido útil e o encorajado a dar uma chance a esta espécie incrível!

José Ferreira

José, amante de todos os aquários, dedicou sua vida à aquariofilia, criando habitats aquáticos detalhadamente planejados. Um verdadeiro conhecedor de peixes, José se destaca na comunidade aquarista, sendo uma referência no mundo subaquático.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações