Cuidados com a Planta Wisteria de Água: Dicas

A jacint-aquática é uma fantástica opção de planta para aquários de água doce.

Tem um belo visual, é fácil de cuidar e oferece uma série de benefícios para o seu aquário. Pode ser enraizada normalmente, plantada como um tapete, ou mesmo usada como vegetação flutuante.

Mas, mesmo que a jacint-aquática seja uma planta fácil de cuidar, você deve se informar antes de conseguir uma. As decisões corretas feitas no dia 1 irão impactar a capacidade da sua planta de prosperar e, como resultado, o resto do seu aquário.

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

A jacint-aquática (Hygrophila difformis) cresce naturalmente na Índia, Bangladesh, Nepal e alguns países menores da região. Nos Estados Unidos, é cultivada regularmente em viveiros e algumas lojas de peixes.

Normalmente, você verá essas plantas em águas rasas, onde podem obter bastante luz. Ela se enraizará no substrato, mas também flutuará na superfície.

A jacint-aquática tem uma taxa de crescimento muito rápida, especialmente durante as estações chuvosas do ano. Não é incomum ver rios e corpos de água rasos completamente tomados por esta planta em questão de semanas!

Devido à sua densidade, muitos peixes pequenos usam essas plantas como forma de abrigo durante o ano. A jacint-aquática é densa o suficiente para fornecer um esconderijo, mas não tão densa que os peixes não possam se mover rapidamente através dela. Isso é algo que você provavelmente observará com qualquer peixe no seu aquário que você juntar com essas plantas.

Aparência

Não há como negar que a jacint-aquática é uma planta bonita, especialmente quando vista debaixo d'água. Tem folhas verdes brilhantes que realmente se destacam sob a iluminação certa.

Jacint-aquática

As folhas são longas, finas, mas podem vir em algumas variações diferentes. A genética e o método de plantio podem mudar ligeiramente a forma das folhas (embora não significativamente).

Os caules são bastante proeminentes, espessos e resistentes. Isso é importante estar ciente pois essas plantas têm a capacidade de ocupar muito espaço e dificultar os movimentos de peixes maiores.

Ramirezi Alemão Azul 101: Reprodução e Companheiros de TanqueRamirezi Alemão Azul 101: Reprodução e Companheiros de Tanque

Nota do Autor: É por isso que é importante plantar a jacint-aquática em aquários grandes o suficiente para lidar com sua taxa de crescimento e tamanho máximo.

As raízes dessas plantas parecem frágeis, brancas e se estenderão bastante sob o substrato. Um comentário comum que ouvimos de pessoas que plantaram jacint-aquática é que ficam surpresas com o fato das raízes serem resistentes o suficiente para suportar a planta!

Tamanho e Taxa de Crescimento

A jacint-aquática tem uma taxa de crescimento bastante rápida. Isso frequentemente pega os aquaristas de surpresa no começo e ensina uma valiosa lição quando se trata de poda e manutenção regulares.

Se você ignorar essas plantas por muito tempo, elas rapidamente tomarão conta do seu aquário. Se você estiver plantando-as como um tapete por motivos estéticos, com certeza vai querer podar e aparar regularmente também.

Taxa de crescimento da jacint-aquática demonstrada em um balde ao ar livre

A jacint-aquática pode alcançar uma altura máxima de cerca de 50 centímetros. Isso a torna uma escolha ruim para aquários nano pequenos, ou aquários semi-pequenos com uma grande carga biológica.

Elas também podem crescer bastante em largura. Quando deixadas intocadas, essas plantas podem alcançar quase 30 centímetros no seu ponto mais largo.

Isso lhe dá algumas opções em relação a como você quer utilizá-la no seu aquário. Você poderia cultivá-la alta e fina, ou curta e larga. É apenas uma questão de preferência e garantir que você facilite seu crescimento adequadamente.

Como Plantá-la

Uma grande parte dos bons cuidados com a jacint-aquática é garantir que você a plante da maneira correta. Isso dará início às coisas da maneira certa e resultará em uma planta mais saudável posteriormente.

Você tem algumas opções quando se trata de como quer plantá-la.

A primeira é tê-la imersa e enraizada no substrato como uma planta típica. Tudo o que você precisa fazer é enterrar o caule 2 ou 5 centímetros no substrato arenoso que estará usando (mais sobre isso depois). Essas plantas são resistentes e robustas, então não precisam de muitos mimos durante o processo de plantio.

Tetra Imperador 101: Guia Completo de CuidadosTetra Imperador 101: Guia Completo de Cuidados

Ao plantá-la, você vai querer ter certeza de que há bastante espaço entre cada uma. Amontoá-las muito próximas pode fazer com que elas compitam por luz, o que retardará seu crescimento a longo prazo.

Tapete de Jacint-aquática

Outra opção que você tem é criar um tapete de jacint-aquática. Esta é nossa favorita pessoal e está sendo feita cada vez mais.

Para criar um tapete, você simplesmente precisará virar tudo de lado. Em vez de plantar cada um dos caules verticalmente como uma planta normal, você os deitará de lado.

Enterre parcialmente os caules, mas não as folhas. Isso é o que criará o efeito de tapete. Você vai querer fazer isso com várias plantas para obter a cobertura de que precisa. Além disso, apará-las regularmente para acompanhar sua taxa de crescimento e manter o visual de tapete.

Deixando-a Flutuar

A jacint-aquática pode ser encontrada flutuando com bastante frequência em seu habitat natural. Apesar disso, a maioria dos aquaristas parecem preferir plantá-la em vez de deixá-la flutuar (pelo menos os que conhecemos).

Isso não significa que não seja algo que você possa fazer se quiser. Plantas flutuantes podem adicionar um visual único ao seu aquário e algumas de nossas favoritas são usadas dessa maneira (como a hornwort).

Nota do Autor: A principal coisa que você precisará monitorar se quiser deixar sua jacint-aquática flutuando é mantê-la arrumada. Plantas com uma taxa de crescimento rápida podem rapidamente impedir que qualquer luz alcance os outros seres vivos no seu aquário. Ela também pode entupir seus filtros e bombas!

Cuidados com a Jacint-aquática

Cuidar da jacint-aquática é algo que qualquer um pode lidar. Essas plantas são extremamente resistentes, duráveis e difíceis de matar.

Isso as torna uma ótima escolha para qualquer um que esteja procurando adicionar algo novo ao seu aquário, sem o incômodo extra de um novo peixe. Tudo o que você precisa fazer depois de plantá-la é podá-la!

Dito isso, ainda existem algumas condições ideais das quais a jacint-aquática precisa para sobreviver. Esses requisitos não são muito desafiadores de serem atendidos, mas existem, não obstante.

Pleco Zebra 101: Tamanho, Reprodução e MaisPleco Zebra 101: Tamanho, Reprodução e Mais

Tamanho do Aquário

Devido à sua rápida taxa de crescimento e tamanho máximo relativamente grande, essas plantas não devem ser incluídas em aquários menores que 40 litros.

Qualquer coisa menor não faz sentido, porque você terá que apará-la freneticamente apenas para impedi-la de tomar conta de todo o aquário. A jacint-aquática também precisa de espaço suficiente no substrato para espalhar suas raízes, o que muitos aquários pequenos não têm.

Contanto que seu aquário tenha mais de 40 litros, essas plantas se sairão bem. Elas podem complementar um aquário enorme muito bem se você quiser adicionar um pouco de vegetação à equação. Tudo o que você precisa fazer é plantar um monte delas!

Parâmetros da Água

A jacint-aquática pode prosperar em uma faixa generosa de parâmetros. Isso significa que você não precisará gastar muito tempo se preocupando com eles e poderá se concentrar na vida menos resistente do seu aquário.

  • Temperatura da água: 23°C a 28°C
  • Níveis de pH: 6,5 a 7,5
  • Dureza da água: 3 a 8 KH

Como você deve fazer testes de água consistentes para os outros seres vivos do seu aquário, sempre é inteligente verificar e garantir que os parâmetros pareçam bons também para suas plantas. É provável que um problema afete seus peixes antes de suas plantas, mas nunca se sabe!

Nota do Autor: Isso é especialmente verdadeiro se você tiver projetos ambiciosos de aquascaping em andamento. Você pode descobrir que uma temperatura lhe dá os resultados que deseja em comparação com outra (mesmo que ambas estejam na faixa "recomendada").

Substrato

O tipo de substrato que você coloca no seu aquário tem um enorme impacto na taxa de crescimento e saúde geral da sua jacint-aquática. Felizmente, esse não é um processo muito complicado.

A jacint-aquática se sai melhor com um substrato arenoso, rico em nutrientes. Isso imita os leitos dos rios onde ela cresce naturalmente e permite que estabeleça uma base de raízes eficaz.

Se você puder obter um substrato arenoso que seja especificamente projetado para plantas, isso seria ideal, mas não é totalmente necessário. Você também pode complementar com fertilizante em tabelas de raízes para incentivar o crescimento e a saúde a longo prazo.

É importante lembrar que você precisará fixar a jacint-aquática no substrato arenoso ao plantá-la inicialmente. Não deve demorar muito para que as raízes cresçam e se fixem, mas no início elas precisam de um pouco de ajuda.

Iluminação

A jacint-aquática é uma planta interessante quando se trata de iluminação. Enquanto muitas outras plantas têm uma quantidade clara de luz necessária para sobreviver, esta planta é bastante diferente.

Uma alta quantidade de luz é ideal se você quiser maximizar a saúde e taxa de crescimento delas. No entanto, já que essas são plantas tão resistentes, elas também podem se sair bem com pouca luz.

Isso lhe dá a flexibilidade de levar em consideração outros seres vivos mais sensíveis do aquário em relação à iluminação e dar a eles a prioridade. A jacint-aquática é tão resistente que provavelmente ficará bem de qualquer maneira!

Nota do Autor: É importante não confundir "pouca luz" com "sem luz". Esta ainda é uma planta e, no final do dia, precisa de pelo menos um pouco de luz para sobreviver!

Companheiros de Aquário

Existem diversas plantas compatíveis, bem como peixes, que você pode manter com a jacint-aquática. Isso torna esta planta fácil de planejar e significa que você geralmente pode encontrar um lugar para ela em algum lugar.

Em termos de plantas, a maior coisa a se evitar é o superpovoamento. As plantas precisam de espaço para espalhar seus sistemas de raízes e obter luz solar suficiente para crescer. Se várias plantas estiverem competindo pelo mesmo espaço, algumas delas sofrerão.

Use nossas recomendações de tamanho do aquário e informações sobre o tamanho da planta para ter uma ideia geral de quanto espaço é necessário. Faça uma referência cruzada disso com o tamanho máximo de outras plantas e isso lhe dará uma medida de quanto espaço é necessário (ou quantas plantas você pode incluir).

Quando se trata de peixes, na maioria das vezes você ficará bem. Dois que você deve evitar são os peixes dourados e dólar prateado. Ambos esses animais ADORAM comer plantas e provavelmente devorarão sua jacint-aquática em um piscar de olhos.

Você também vai querer tomar cuidado com caracóis como o nerite. A jacint-aquática é um petisco muito saboroso para esses bichinhos!

Fora isso, você provavelmente vai ficar bem não importa o que mantiver com a jacint-aquática. Aqui está uma lista para lhe dar inspiração:

Novamente, existem MUITO mais peixes e animais que você pode manter com a jacint-aquática. Esta é apenas uma breve lista para lhe dar inspiração!

Propagação da Jacint-aquática

A propagação da jacint-aquática é super fácil. De fato, nós a consideraríamos uma das plantas aquáticas mais fáceis de propagar!

Primeiro, você precisa começar com o corte de uma planta saudável. Espere até que sua planta atinja seu tamanho máximo antes de tentar isso. Isso garantirá que você esteja obtendo uma parte saudável da planta e que o corte não machuque o resto dela.

Corte o caule a cerca de 10-12 centímetros do topo (esta seção deve ter folhas). Assim que tiver isso, encontre uma área onde possa replantá-la. Enterre o caule cortado cerca de 2 centímetros no substrato arenoso e fixe-o como fez com sua planta original.

Nota do Autor: Certifique-se de estar plantando a seção cortada em uma área onde não ficará lotada por sua planta original. Essa nova jacint-aquática precisará de espaço para espalhar suas raízes e obter luz suficiente. Este é um erro comum de novos proprietários, que muitas vezes resulta em uma tentativa de propagação fracassada.

Conclusão

A jacint-aquática está em nossa lista de plantas aquáticas favoritas por uma série de motivos. Ela é fácil de manter viva, melhora a qualidade da água no seu aquário e tem uma aparência incrível!

Agora você deve ter uma compreensão completa dos cuidados com a jacint-aquática e tudo o que pode esperar em relação a esta planta. Se você tiver alguma dúvida ou ideia adicional sobre como utilizar essa planta no seu aquário, adoraríamos ouvir de você!

Maria Oliveira

Maria é uma entusiasta da aquariofilia, dedicando seu tempo livre ao cuidado de seus aquários meticulosamente montados. Apreciadora da tranquilidade que seus peixes proporcionam, Maria mergulha profundamente no estudo das diferentes espécies, tornando-se uma referência em seu círculo social para tudo que diz respeito a esse fascinante hobby. Com paciência e dedicação, ela cultiva não apenas belos ambientes aquáticos, mas também um espaço de serenidade e beleza em sua própria vida.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações