Tetra Glowlight 101: Guia de Cuidados e Reprodução

O tetra luz negra é uma das nossas espécies de água doce favoritas. Eles são coloridos, ativos, fáceis de cuidar e divertidos de assistir!

Por isso, estamos sempre recomendando-os para outros aquaristas. Eles são uma ótima escolha para iniciantes ou proprietários experientes que desejam um peixe de baixa manutenção.

Este guia cobre todos os detalhes sobre o cuidado com o tetra luz negra. Você aprenderá sobre sua dieta, companheiros de tanque, expectativa de vida e até como reproduzi-los!

Tabela de conteúdos

Resumo da Espécie

Desde sua introdução no comércio de animais de estimação em 1933, o tetra luz negra (nome científico: Hemigrammus erythrozonus) tem sido um dos favoritos dos aquaristas de todo o mundo. Basta dar uma olhada nessa beleza e não é difícil ver o porquê!

Um cardume de tetras luz negra

Como esses são peixes tão coloridos, eles podem realmente animar a aparência de qualquer aquário de água doce. Como uma espécie cardume, os tetras luz negra se reúnem regularmente e percorrem o tanque para criar uma exibição de cores atraente.

O tetra luz negra é endêmico dos rios da Guiana na América do Sul. Eles habitam rios e riachos de água preta. Como muitas espécies de água doce desta área, os tetras luz negra são surpreendentemente robustos e fáceis de cuidar.

Aparência

O tetra luz negra tem um corpo em forma de torpedo. À primeira vista, parece muito semelhante aos seus primos mais populares, o tetra neon e o tetra cardinal.

No entanto, a maior parte do corpo é semitransparente. Assume uma cor prateada de base que você pode ver bem através. Isso se torna bastante aparente quando você os observa de perto.

Mas a característica mais identificadora desta espécie é sua faixa alaranjada avermelhada! A faixa corre lateralmente por todo o comprimento do peixe. Vai da frente da cabeça até a ponta da cauda.

Um tetra luz negra em um tanque moderadamente plantado

Nota do Autor: A faixa parece o filamento de uma lâmpada incandescente, e é assim que esta espécie ganhou seu nome comum.

Tetra Diamante 101: Cuidados e Dicas para o Seu TanqueTetra Diamante 101: Cuidados e Dicas para o Seu Tanque

Sob as condições de iluminação adequadas, a faixa realmente brilhará! Você também notará a mesma cor na borda da nadadeira dorsal. Todas as outras nadadeiras são transparentes.

Uma coisa legal sobre essa faixa é que ela até atravessa o olho. A maior parte do olho é prata para combinar com o restante do corpo. Mas a íris superior tem a coloração ousada pela qual o peixe é conhecido.

As diferenças entre machos e fêmeas de tetras luz negra são sutis. As fêmeas geralmente são um pouco maiores e apresentam um formato corporal mais arredondado.

Expectativa de Vida

A expectativa média de vida de um tetra luz negra é de dois a quatro anos quando recebe os cuidados adequados. Isso definitivamente está no lado mais curto quando comparado a outras espécies de tetra.

Como qualquer outra espécie de água doce, os tetras luz negra reagem negativamente a dietas ruins, tanques sujos e condições precárias da água. Para manter seus peixes felizes e saudáveis pelo maior tempo possível, você precisa ser vigilante ao fornecer o melhor cuidado possível.

Nota do Autor: A compra de seus peixes de um vendedor confiável também melhorará a chance deles desfrutarem de uma vida longa. Faça sua lição de casa!

Tamanho Médio

O tamanho típico de um tetra luz negra é de cerca de 1,5 polegadas de comprimento quando totalmente crescido. Essas são criaturas minúsculas, tornando-as ótimas para aquários nano.

Alguns espécimes chegarão um pouco maiores, atingindo comprimentos de até dois polegadas. No entanto, esses casos são raros.

Sempre adoramos quando peixes pequenos como este também são coloridos (especialmente quando são de espécies cardume). Isso cria um show vibrante para você assistir!

Cuidados com o Tetra Luz Negra

O cuidado com o tetra luz negra é realmente muito fácil, especialmente em comparação com muitos outros peixes populares. Eles são surpreendentemente resistentes e podem tolerar uma ampla gama de condições. Como muitas outras espécies de tetra, eles são ótimos animais de estimação para os iniciantes.

Camarão Vampiro: O Guia Completo para CuidadosCamarão Vampiro: O Guia Completo para Cuidados

Tendo dito isso, ainda existem algumas diretrizes importantes de cuidados que você terá que seguir. Seguir essas recomendações resultará em peixes mais saudáveis e vibrantes.

Tamanho do Tanque

Graças ao seu tamanho pequeno, os tetras luz negra não precisam de um tanque enorme. Você pode manter meia dúzia de peixes em um tanque padrão de 10 galões!

No entanto, recomendamos aumentar esse tamanho do tanque para 20 galões ou mais, se possível. Com um tanque maior, você pode manter um grupo considerável, fornecendo muito espaço para vagar. Esses peixes se sentem mais confortáveis quando vivem em grandes grupos, então tanques maiores são sempre uma vantagem.

Parâmetros da Água

O objetivo com qualquer peixe deve ser imitar seu ambiente natural em cativeiro. Os tetras luz negra vêm principalmente do rio Essequibo, o rio mais longo da Guiana. Um tanque com condições de água semelhantes é o melhor.

No rio Essequibo, as águas são escuras. Isso ocorre porque os detritos de folhas caídos na água liberam taninos, deixando a água suave e levemente ácida.

Os tetras luz negra podem tolerar uma gama mais ampla de condições do que a maioria das espécies, mas aqui estão alguns parâmetros básicos que você deve seguir:

  • Temperatura da água: 74°F a 82°F (cerca de 77 é o ideal)
  • Níveis de pH: 5,5 a 7,5 (tente mantê-lo no lado ácido)
  • Dureza da água: até 15 dGH

O que colocar no tanque deles

Decoração simples e natural é o melhor para o seu tetra luz negra! No fundo do tanque, crie uma camada fina de substrato com areia fina. Essa areia imitará os leitos dos rios do seu habitat selvagem.

Em seguida, adicione pedaços de madeira em decomposição e pequenas pedras. Esses itens decorativos fornecem algum enriquecimento ao mesmo tempo que dão a esses peixes lugares para se esconder.

Finalmente, adicione uma grande variedade de plantas. Você quer tornar o tanque exuberante com vegetação! Adicione algumas plantas de folhas finas de alturas variadas. Plantas aquáticas flutuantes também são boas.

Nota do Autor: Ao arranjar as plantas, certifique-se de que ainda há algum espaço livre para natação no centro do tanque. As plantas são importantes, mas manter o aquário aberto também é.

Shubunkin Goldfish 101: Tudo que Você Precisa SaberShubunkin Goldfish 101: Tudo que Você Precisa Saber

Se você quiser ir além, também pode colocar alguma folhagem caída no fundo do tanque. A folhagem produzirá taninos com o tempo à medida que se decompõe. Alguns aquaristas colocarão um pequeno saco de turfa segura para aquários no sistema de filtragem para infundir a água com taninos saudáveis.

Doenças comuns potenciais

Os tetras luz negra não estão em maior risco de desenvolver doenças do que qualquer outra espécie e não têm nenhuma enfermidade específica da espécie que você precise observar. No entanto, eles podem sofrer de todos os problemas de saúde comuns que afetam os peixes de água doce.

Um tetra luz negra procurando comida em um aquário de água doce

Os mais comuns incluem infecções parasitárias, infecções bacterianas, doenças fúngicas e necrose das barbatanas.

A doença de peixe mais generalizada é o ich. É uma condição parasitária que resulta na formação de pontos brancos por todo o corpo. O ich é altamente contagioso e potencialmente letal. Se você perceber que um de seus tetras luz negra está sofrendo da doença, precisa colocá-lo em quarentena e fornecer tratamento o mais rápido possível.

Esta é uma prática inteligente para todas as outras doenças também. Em um ambiente fechado como um aquário de peixes, as doenças têm o potencial de se espalhar e dizimar uma comunidade inteira!

Felizmente, a maioria dos problemas de saúde pode ser evitada com a manutenção adequada do tanque. Mantenha-se atento às condições da água e teste o ambiente regularmente. Com mudanças frequentes de água, você não deve ter problemas para manter o habitat em boa forma.

Alimentação e Dieta

Os tetras luz negra são onívoros. Eles comerão praticamente qualquer coisa. No entanto, o truque é encontrar algo que eles realmente consigam colocar na boca!

O melhor é se apegar a uma dieta padrão de micropeletes ou flocos pequenos. Você também pode fornecer o snack de alta proteína ocasional. Náuplios de artêmia recém-eclodidos e pequenos pedaços de tubifex desidratados são boas opções.

Alimente esses peixes várias vezes ao longo do dia, mas mantenha as porções leves. Forneça apenas comida suficiente para que eles possam consumir em alguns minutos.

Nota do Autor: A maioria dos tetras luz negra não vai se aventurar até o fundo do tanque para comer restos de comida, então tenha cuidado para não alimentá-los em excesso (isso pode levar a uma rápida diminuição na qualidade da água).

Comportamento e Temperamento

Os tetras luz negra são muito pacíficos e tranquilos. Eles são peixes cardume, então preferem estar em grupos de suas próprias espécies. No mínimo, você deve ter pelo menos seis tetras luz negra (embora mais seja sempre melhor).

Quando um tetra luz negra está sozinho ou em um grupo muito pequeno, eles podem ficar ariscos. Eles passarão a maior parte do tempo escondidos, em vez de enfeitar seu tanque com cor. Mas em um grande grupo, eles se sentem confiantes o suficiente para ziguezaguear pelo tanque.

Você geralmente verá seus tetras se agrupando e explorando o tanque juntos, não importa a hora. Esta é uma das principais razões pelas quais eles são uma espécie tão popular para proprietários que gostam de observar seus peixes.

A agressão não é um grande problema. Na verdade, os tetras luz negra até deixarão os peixes de natação lenta ou aqueles com nadadeiras ondulantes em paz. Eles são ótimos peixes comunitários que não prestarão atenção aos outros.

Companheiros de Tanque

Falando em peixes comunitários, você tem muitas ótimas opções para companheiros do tetra luz negra! Graças à sua natureza dócil, esses peixes podem coexistir com a maioria das espécies.

Hemigrammus erythrozonus nadando juntos

Tendo dito isso, você deve evitar quaisquer peixes agressivos ou grandes. Enquanto os luzes negras não incomodarão peixes maiores, eles podem rapidamente se tornar comida para predadores. Isso é especialmente verdadeiro com acarás! Os acarás são notórios por comer tetras luz negra.

Mantenha as coisas pacíficas e opte por espécies de tamanho semelhante. Alguns bons companheiros para o tetra luz negra incluem:

Reprodução do Tetra Luz Negra

Os tetras luz negra são mais do que capazes de se reproduzir em cativeiro. Mas o processo é um pouco mais desafiador do que outras espécies. Esses peixes podem ser exigentes quanto às condições de desova. Além disso, os ovos são extremamente sensíveis à luz!

É importante criar um tanque de reprodução separado antes de começar. Preencha-o com plantas de folhas finas e ninhos de desova. Eles manterão os ovos protegidos.

Deixe a água muito macia. As taxas de dureza não devem ser superiores a 6 dGH. Para aumentar suas chances de induzir a desova, use turfa para escurecer a água.

Nota do Autor: Para preparar seus peixes para a reprodução, condicione-os com alimentos ricos em proteínas várias vezes ao dia.

Quando estiver pronto, desligue as luzes no tanque de reprodução e adicione seus peixes. Em seguida, aumente gradualmente a iluminação até que ocorra a desova. Os peixes adultos realizarão seu ritual de acasalamento até que a fêmea libere 100 a 150 ovos.

Remova os adultos imediatamente após a liberação dos ovos. Os tetras luz negra não cuidam dos ovos. Em vez disso, eles podem tentar comê-los.

Os ovos são extremamente sensíveis à luz, então mantenha as luzes no tanque de reprodução baixas. Os ovos eclodirão em um dia. Nesse ponto, as larvas viverão de seus sacos vitelinos por mais alguns dias.

Quando estiverem nadando livremente, forneça infusórios e ração em flocos bem esmagada. Você também pode passar para náuplios de artêmia recém-eclodidos assim que forem grandes o suficiente.

Conclusão

O cuidado com o tetra luz negra é algo que praticamente qualquer pessoa pode lidar. Esses peixes são bastante resistentes e fáceis de manter.

Quando você combina isso com sua aparência deslumbrante e personalidade ativa, não é de se admirar que sejam um ótimo peixe de água doce para manter em um aquário. Nós ouvimos de outros proprietários e leitores que absolutamente amam essa espécie!

Estamos mais do que felizes em ajudá-lo se você tiver perguntas adicionais, então sinta-se à vontade para entrar em contato. E se você só quiser dizer oi, tudo bem também!

João Silva

João, um dedicado aquarista desde a infância, é conhecido pela sua paixão pela aquariofilia. Através do cuidado meticuloso com os seus aquários, João cria verdadeiros santuários subaquáticos, onde a beleza e a harmonia reinam, proporcionando aos entusiastas e aos peixes ambientes seguros e esteticamente agradáveis.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando este site, assumiremos que você concorda com isso. Mais informações